Fechar
Publicidade

Domingo, 23 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Citroën fará 6.000 recalls das versões Pallas e Hatch do C4


Leone Farias
Do Diário do Grande ABC

13/04/2010 | 07:09


A PSA Peugeot Citroën do Brasil comunicou ontem o recall de mais de 6.000 veículos. São 4.942 Citroën C4 Pallas e 1.273 C4 Hatch, modelos 2010, fabricados no ano passado (entre 7 de abril e 2 de setembro) nos quais a companhia constatou problema no sistema de direção assistida, com o risco de endurecimento da direção em manobras rápidas, o que poderia gerar acidentes.

A montadora informou que detectou o defeito - que envolvia erro na calibragem de um componente (grupo eletrobomba) fornecido pela JTeck, pertencente à Johnson Controls - em auditoria de conformidade (o controle de qualidade), na fábrica de El Palomar (na Argentina, onde os modelos são produzidos).

Os carros sujeitos à falha estão entre os que têm chassis de números 9G533889 a AG518279 (nesse intervalo de numerações, nem todos os carros estão incluídos na convocação, por isso, é preciso consultar o atendimento ao cliente da empresa).

O reparo é simples e rápido, segundo a montadora. Basta agendar a visita a uma concessionária ou oficina autorizada para a atualização do programa de módulo de controle do sistema de direção assistida e o carro deve ficar pronto em cerca de uma hora.

Para mais informações a PSA disponibiliza o telefone 0800 011 8088 e o site www.citroen.com.br.

VEÍCULOS
A Fundação Procon-SP contabiliza, neste ano, até agora 13 recalls de veículos (11 de carros e dois de motocicletas).

O assistente de direção da entidade, Carlos Alberto Nahas, afirma que a profusão de convocações no setor automotivo causa preocupação. "O Procon-SP está fazendo monitoramento diário, para procurar acompanhar os casos no Brasil e também, via internet, no Exterior. Hoje está tudo globalizado e verificamos se tem recall lá fora, os carros têm fabricação no Brasil ou tiveram importação", afirma.

Ainda segundo Nahas, caso o consumidor encontre dificuldade em efetuar os devidos reparos (falta de peças, demora na conclusão dos serviços, etc.) poderá procurar auxílio ou efetivar reclamação junto ao Procon-SP. O telefone do órgão para informações é 151 e o site é o www.procon.sp.gov.br.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Citroën fará 6.000 recalls das versões Pallas e Hatch do C4

Leone Farias
Do Diário do Grande ABC

13/04/2010 | 07:09


A PSA Peugeot Citroën do Brasil comunicou ontem o recall de mais de 6.000 veículos. São 4.942 Citroën C4 Pallas e 1.273 C4 Hatch, modelos 2010, fabricados no ano passado (entre 7 de abril e 2 de setembro) nos quais a companhia constatou problema no sistema de direção assistida, com o risco de endurecimento da direção em manobras rápidas, o que poderia gerar acidentes.

A montadora informou que detectou o defeito - que envolvia erro na calibragem de um componente (grupo eletrobomba) fornecido pela JTeck, pertencente à Johnson Controls - em auditoria de conformidade (o controle de qualidade), na fábrica de El Palomar (na Argentina, onde os modelos são produzidos).

Os carros sujeitos à falha estão entre os que têm chassis de números 9G533889 a AG518279 (nesse intervalo de numerações, nem todos os carros estão incluídos na convocação, por isso, é preciso consultar o atendimento ao cliente da empresa).

O reparo é simples e rápido, segundo a montadora. Basta agendar a visita a uma concessionária ou oficina autorizada para a atualização do programa de módulo de controle do sistema de direção assistida e o carro deve ficar pronto em cerca de uma hora.

Para mais informações a PSA disponibiliza o telefone 0800 011 8088 e o site www.citroen.com.br.

VEÍCULOS
A Fundação Procon-SP contabiliza, neste ano, até agora 13 recalls de veículos (11 de carros e dois de motocicletas).

O assistente de direção da entidade, Carlos Alberto Nahas, afirma que a profusão de convocações no setor automotivo causa preocupação. "O Procon-SP está fazendo monitoramento diário, para procurar acompanhar os casos no Brasil e também, via internet, no Exterior. Hoje está tudo globalizado e verificamos se tem recall lá fora, os carros têm fabricação no Brasil ou tiveram importação", afirma.

Ainda segundo Nahas, caso o consumidor encontre dificuldade em efetuar os devidos reparos (falta de peças, demora na conclusão dos serviços, etc.) poderá procurar auxílio ou efetivar reclamação junto ao Procon-SP. O telefone do órgão para informações é 151 e o site é o www.procon.sp.gov.br.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;