Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 27 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Exercício e dieta podem diminuir sintomas da TPM


Vanessa Fajardo
Do Diário do Grande ABC

09/03/2009 | 07:00


Enquanto a medicina não desenvolve uma fórmula mágica para acalmar os hormônios e pôr fim às torturas pré-menstruais, a adoção de hábitos simples neste período podem se tornar grandes aliados das mulheres.

O ginecologista e obstetra José Roberto Sotelo explica que a combinação entre a dieta correta e os exercícios físicos permite que a fase seja encarada com menos desconforto. "Há mulheres que ficam tão intolerantes na TPM que mal se suportam. Mas toda paciente precisa ter acompanhamento com seu médico para fazer uma fotografia de todos os processos."

A dica do especialista é que durante a TPM as mulheres reduzam o consumo de carboidratos, invistam mais nos alimentos ricos em fibras e com vitamina E - um exemplo são as frutas oleaginosas como nozes e castanhas-do-pará - , controlem a vontade excessiva de comer chocolate e pratiquem atividade física. Sotelo lembra que apesar de o período ser considerado uma ocorrência fisiológica, é preciso considerar que há uma linha tênue para a patologia. "Quando a TPM começa a transtornar o dia a dia da mulher é hora de buscar ajuda médica."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Exercício e dieta podem diminuir sintomas da TPM

Vanessa Fajardo
Do Diário do Grande ABC

09/03/2009 | 07:00


Enquanto a medicina não desenvolve uma fórmula mágica para acalmar os hormônios e pôr fim às torturas pré-menstruais, a adoção de hábitos simples neste período podem se tornar grandes aliados das mulheres.

O ginecologista e obstetra José Roberto Sotelo explica que a combinação entre a dieta correta e os exercícios físicos permite que a fase seja encarada com menos desconforto. "Há mulheres que ficam tão intolerantes na TPM que mal se suportam. Mas toda paciente precisa ter acompanhamento com seu médico para fazer uma fotografia de todos os processos."

A dica do especialista é que durante a TPM as mulheres reduzam o consumo de carboidratos, invistam mais nos alimentos ricos em fibras e com vitamina E - um exemplo são as frutas oleaginosas como nozes e castanhas-do-pará - , controlem a vontade excessiva de comer chocolate e pratiquem atividade física. Sotelo lembra que apesar de o período ser considerado uma ocorrência fisiológica, é preciso considerar que há uma linha tênue para a patologia. "Quando a TPM começa a transtornar o dia a dia da mulher é hora de buscar ajuda médica."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;