Fechar
Publicidade

Sábado, 16 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Marcelinho não se vinga de Luxa e vê derrota como injusta

Meia do Ramalhão ficou inconformado com a derrota para o Palmeiras, a exemplo da diretoria e comissão técnica


Nelson Cilo
Enviado a Ribeirão Preto

22/01/2009 | 07:00


Da diretoria ao técnico Sérgio Guedes e aos jogadores do Santo André, todos foram unânimes em afirmar que o resultado não refletiu imagens reais nessa quarta-feira no Estádio Santa Cruz. O mais revoltado era o meia Marcelinho Carioca, que correu como nunca na tentativa de vingar-se do mais implacável rival desde os tempos de Corinthians e do algoz Vanderlei Luxemburgo.

"Ah, se não tivéssemos tomado aquele gol... O mais justo, acredito, teria sido um empate. Isso para não dizer que merecíamos ganhar. É só ver o que aconteceu em campo", analisou.

Já o presidente Ronan Maria Pinto tentava estimular um a um no ambiente. "O Santo André me agradou. Apesar de tudo, lutamos até o fim. Vi um grande jogo. Não vencemos, paciência. O futebol é assim. Vamos levantar a cabeça."

Enquanto isso, Sérgio Guedes não vê motivos para desespero no começo do Paulistão. Mas, a exemplo de Marcelinho Carioca, entende que o mais justo teria sido a igualdade. "No geral diria que procuramos enfrentar o Palmeiras de igual para igual. Não merecíamos perder. Tivemos alguns desacertos, mas vamos discutir isso entre a gente", disse.

O treinador não apontou culpados - ao contrário, dividiu a responsabilidade - admitiu a falta de força ofensiva diante da marcação imposta pelo Palmeiras.

"Estarei sempre no mesmo barco. Quanto aos detalhes, precisamos corrigir tudo muito depressa. Agora, é pensar no São Caetano (sábado, no Anacleto Campanella) e na Ponte Preta (terça-feira, no Bruno Daniel)", afirmou.

O elenco se reapresenta amanhã pela manhã. Uma das preocupações é o volante Juninho, que levou uma forte pancada na perna direita e será reexaminado hoje pelo médico Eduardo Souza.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;