Fechar
Publicidade

Domingo, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Eleição, só com união

O ex-ministro e candidato permanente José Serra, do PSDB, vem se queixando de seu isolamento partidário.


Carlos Brickmann

09/01/2013 | 00:00


O ex-ministro e candidato permanente José Serra, do PSDB, vem se queixando de seu isolamento partidário. Há quem diga (entre eles, alguns de seus amigos) que pensa em deixar o PSDB para aderir a um outro partido, ou mesmo fundar um outro partido, para se candidatar à Presidência mais uma vez.

José Serra é um candidato interessante: como acha que está isolado, quer dar um jeito de ficar mais isolado ainda.

O fato é que Serra se candidatou duas vezes e foi derrotado. Seu grande guru político, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, lidera hoje as articulações para que os tucanos lancem a candidatura do senador mineiro Aécio Neves. Tudo bem que Serra não queira apoiar Aécio, que o traiu nas duas vezes em que se candidatou. Mas sair sozinho, sem estrutura, para disputar um cargo que já tentou duas vezes, a bordo de um partido estruturado, sem sucesso, ou é vingança boba ou ansiedade de quem, mais velho que os concorrentes, não quer deixar de aproveitar a última oportunidade de chegar lá. Ulysses Guimarães, o lendário comandante da oposição à ditadura militar, fez coisa parecida: barrou no PMDB o candidato mais forte, Orestes Quércia, por achar que ele, Ulysses, tinha ali sua última chance. Perdeu feio, claro. E cortou definitivamente o caminho de Quércia para o Planalto. Por incrível que pareça, o PMDB só chegou lá com Sarney.

Dá para ganhar sozinho? Dá, mas as chances são mínimas. O correto é juntar forças, armar estruturas, forjar alianças de peso. Eleição é união.

UNIÃO NANICA

Serra, na verdade, quer forjar alianças. Por exemplo, com o PPS de Roberto Freire. É a união da falta de fome com a vontade de não comer.

NANICOS, UNI-VOS!

A ex-senadora Marina Silva bem que se articula para ser candidata novamente ao Palácio do Planalto. Na última eleição, foi bem, no comando de partido pequeno, o PV, mas navegando oportuna onda verde. Desta vez, pensa em unir-se ao Partido Ecológico Nacional. Procure no Google, deve estar lá.

NA ZONA DO AGRIÃO

Lembra de Ciro Gomes, antilulista, lulista, tucano, ex-arenista, candidato à Presidência, candidato que não chegou lá à prefeitura de São Paulo? Agora ele mudou mesmo de ramo: é o novo comentarista esportivo da rádio Verdes Mares, de Fortaleza, do grupo Édson Queiroz. Vai acompanhar os treinamentos da Seleção Brasileira para a Copa das Confederações e a Copa do Mundo. O salário não foi divulgado, mas os comentários foram muito bem negociados. Detalhe interessante: Renata Queiroz, filha do falecido empresário Édson Queiroz, é mulher do tucano Tasso Jereissati, que foi amigo-aliado-irmão-de-fé de Ciro e de seu irmão, o governador Cid Gomes, até que a política os separou. Haverá no magnífico contrato de Ciro Gomes algum sinal de reconciliação?

JÁ AVISARAM OS ENFERMEIROS?

O novo secretário da Segurança de São Paulo, procurador Fernando Grella, determinou que pessoas feridas em confronto com a polícia e vítimas de crimes só possam ser socorridos pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), nunca pela PM. Grella jamais contará a verdade inteira sobre sua decisão (e o governador tucano Geraldo Alckmin nem sabe muito bem o que é que esta estranha palavra, ‘verdade', significa - e basta olhar seu nariz compridinho e fininho para ter certeza disso), mas o objetivo é impedir que, após ferir pessoas em tiroteios, certos policiais militares terminem o serviço - o que vem acontecendo com frequência rigorosamente inaceitável. O problema é outro: alguém já avisou o Samu das novas funções e lhe forneceu verbas e estrutura para exercê-las? O número de ambulâncias do Samu não é suficiente nem para atender a seu trabalho atual. E a norma do secretário da Segurança não faz qualquer menção ao reequipamento do serviço. No fundo, é bola pra frente que talvez dê certo em alguma ocasião



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;