Fechar
Publicidade

Sábado, 27 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Com Fred, Flu vence Emelec e vai às quartas de final



09/05/2013 | 00:17


Os últimos 10 dias foram tenebrosos para o Fluminense. Dois jogadores flagrados no antidoping (Deco e Michael), viagem e derrota para o Emelec no Equador, revés para o Botafogo na final da Taça Rio e jogadores importantes lesionados. Pelo menos o mais fundamental deles, aquele que aparece nos momentos de aperto, retornou para o jogo desta quarta-feira contra os equatorianos, que valia a sobrevivência na Copa Libertadores.

Fred fez o gol que abriu a vitória tricolor por 2 a 0, em São Januário, e levou o clube carioca às quartas de final da competição continental. Se liderança se conquista com atitudes e não com palavras, o atacante deu mais uma mostra de por que é capitão e o homem de referência, dentro e fora de campo, deste elenco.

Mesmo longe das melhores condições, o artilheiro lutou o tempo todo, no ataque a na defesa, ajudou na marcação e apareceu na área para concluir a única chance que teve. Deixou o campo extenuado aos 35 do segundo tempo, mas já havia cumprido seu papel, mais do que a contento.

A partida teve muito mais drama do que gostariam o técnico Abel Braga, jogadores e torcedores. Quando a classificação estava seriamente ameaçada, os equatorianos mostraram pouco equilíbrio e sofreram duas expulsões.

Na próxima fase, o Fluminense vai enfrentar o vencedor do duelo entre os argentinos do Tigre e os paraguaios do Olímpia, que só se enfrentam no dia 16. Na primeira partida, vitória do Tigre, na Argentina.

O JOGO - Os minutos iniciais foram de certa dificuldade para os tricolores. Muitas faltas travavam as tramas ofensivas do time brasileiro, mas a tática equatoriana seria devidamente punida aos 29 minutos. Jean cobrou falta no segundo poste e o artilheiro que tanta falta faz à equipe testou para baixo e para as redes.

"O mais importante é que estou me sentindo bem e estamos fazendo um bom jogo. Precisamos marcar mais um para ter uma tranquilidade normal", comentou o atacante, que só teve esta única oportunidade. "Uma chance só está bom quando a gente faz o gol. Precisamos criar mais."

Os equatorianos vieram com mais vontade e mais ousadia para o segundo tempo. Imprimiram pressão e os anfitriões começaram a sentir que a classificação corria risco. A tensão e o nervosismo apareceram na forma de muitos passes errados na saída de bola.

A situação tricolor se complicou quando Bruno sentiu lesão e deixou o campo. A essa altura Fred já estava exausto e aparentando dores na panturrilha lesionada. Mas Abel pediu que se sacrificasse um pouco mais para poder fazer mais uma alteração em caso de necessidade.

Os brasileiros foram salvos pela expulsão de Achilier, aos 30 minutos, quando a pressão visitante era grande, em lance de rigor excessivo do árbitro peruano. Mais sossegado, o técnico sacou Fred e colocou Samuel em campo.

A expulsão de Quiñónez, cinco minutos depois, sacramentou a classificação brasileira, pois aos 40 Carlinhos aproveitou o cruzamento de Rhayner e marcou o segundo, num contra-ataque de vantagem numérica do Fluminense.

Não foi a boa partida que a torcida esperava, mas diante dos muitos problemas enfrentados durante os últimos dias o mais importante era garantir a vaga na próxima fase. Até lá haverá tempo para arrumar a casa.

FICHA TÉCNICA:

FLUMINENSE 2 x 0 EMELEC

FLUMINENSE - Diego Cavalieri; Bruno (Diguinho), Digão, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Jean, Thiago Neves (Rhayner) e Wagner; Wellington Nem e Fred (Samuel). Técnico: Abel Braga.

EMELEC - Dreer; Narváez, Nasuti, Achilier e Bagüi; Quiñónez, Wila (Zeballos), Giménez e Mondaini; Valencia (Caicedo) e De Jesús (Gaibor). Técnico: Gustavo Quinteros.

GOLS - Fred, aos 29 do 1º tempo. Carlinhos, aos 40 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Thiago Neves (Fluminense); Wila, Bagüi, Narváez (Emelec).

CARTÕES VERMELHOS - Achilier, Quiñónez (Emelec).

ÁRBITRO - Victor Carrillo (PER).

RENDA e PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ).



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;