Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Wilson Jr. elogia coragem do Ramalhão

Claudinei Plaza/ DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Time foi eliminado no mata-mata, mas treinador exalta valorização aos atletas da base


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

22/09/2021 | 23:47


O técnico Wilson Júnior ainda desconhece se o seu destino será ou não no Santo André na temporada 2022, na qual o time disputará a Série A-1 do Campeonato Paulista e a Série D do Brasileiro, competição esta que foi recentemente eliminado pelo Esportivo-RS, nos pênaltis, em pleno Estádio do Inamar. Aliás, ele terá reunião hoje com a diretoria para tratar do assunto. Ainda assim, o treinador elogiou a postura adotada pelo clube, que decidiu apostar em uma equipe com maioria de atletas da casa, em razão do orçamento enxuto, conseguindo avançar da primeira fase com a segunda melhor campanha do Grupo A-7.

“O resultado é o que importa, mas avalio de forma diferente. Poucos clubes terão a coragem e vão conseguir colocar vários jogadores da base para fazer parte do elenco. Colocamos jogadores sub-17 e sub-20 nas convocações, em todas as partidas propusemos o jogo, os atletas entenderam isso, as pessoas que viram o Santo André jogar perceberam que fora de casa jogava da mesma maneira, impondo, com toque de bola”, declarou o treinador, que salientou a consequente valorização dos pratas da casa durante a competição. “Foi muito bom ver a evolução de garotos do clube que não tinham minutagem. Hoje o Santo André tem um ativo excelente, que pode dar grandes alegrias aos torcedores e até valores financeiros para o clube. Então foi muito legal nesse sentido”, complementou o técnico.

Wilson Júnior ainda disse que durante o trabalho na Série D pôde colocar em prática seus conceitos de jogo. “Estou particularmente muito feliz. Mostra que é meu caminho (ter) time jogando com posse de bola, com variação de jogo, transição rápida, em profundidade, soubemos também jogar de forma reativa quando o campeonato nos apresentou. Tivemos ainda o desequilíbrio que sabíamos que teríamos devido à idade”, emendou. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;