Fechar
Publicidade

Sábado, 18 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

São Caetano reinaugura pista de skate no Centro

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Da redação

24/07/2021 | 05:19


A Prefeitura de São Caetano reinaugura hoje, às 10h, a pista de skate Mário Manoel Davi, na Rua Serafim Constantino, localizada no Centro. A área, criada em 2008, passou por obras de revitalização para atender reivindicações dos usuários e estará à disposição da população a partir de hoje

O equipamento, que conta com banks/snake, uma pista padrão, minirramp e área para crianças, ganhou nova iluminação com lâmpadas de LED, banheiros, pintura e modernização do piso, que agora tem novos obstáculos. As intervenções foram acompanhadas por skatistas e artistas do grafite.
São 65 representantes da arte urbana com o uso do spray participando por meio de criações livres: dos precursores às novas gerações, sob o mesmo propósito, de tornar o espaço mais colorido, mais atraente.

“Nossa ideia foi dar voz e vez aos artistas. Em vez de apresentar um plano de trabalho pronto, previamente elaborado, perguntamos a eles o que pensavam que poderíamos fazer. Juntos: artistas e poder público”, explica Rubens Foina Neto, à frente da Comjuv (Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas de Juventude ), vinculada à Selj (Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude).

Rogério Padial trabalha com grafite e fotografia. Ficou responsável pela medição e distribuição da área para grafitagem entre os participantes. “Entreguei o mesmo espaço para o artista mais experiente e para o novato, independentemente do resultado do trabalho. A rua tem esse caráter: a democratização do espaço. A experiência foi maravilhosa, de conhecer pessoalmente – e trabalhar junto – com quem tanto admiro. É aprendizado muito valioso. Vi pais e filhos pintando, casais. Grafiteiro amador e profissional, artista plástico, tatuador, gente que nunca tinha desenhado no muro”, comenta Padial.

Eliaser Castro, um dos responsáveis pela organização dos trabalhos, destacou o diálogo entre a população e o poder público. “Fiquei muito feliz em contribuir com o projeto por meio do grafite. O esporte anda lado a lado com esse estilo de expressão artística e também com o hip hop. O diálogo entre a Secretaria de Cultura e esse movimento é muito importante para o crescimento cultural do município.”

Nos anos 1980, São Caetano chegou a ser conhecida como a cidade dos grafites, graças às ações de vanguarda de um grupo de amigos. Entre os quais, Numa Júnior, Job Leocadio, Eddie e Jorge Tavares, que redimensionaram o cenário urbano.

“Fizemos o primeiro projeto de grafite na cidade, chamado de São Caetano Conta sua História em Grafite, em 1989. Hoje, por intermédio das ações de revitalização da pista, percebi que o espírito marginal ainda impera, pois a organização dos artistas e a disposição dos espaços foram feitas por eles próprios. Pelo boca a boca, reuniu-se uma legião de grandes talentos, da cidade e região”, relata Job Leocádio. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;