Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 27 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santo André recebe Boavista em nova casa

Ramalhão utilizará o Estádio do Inamar, em Diadema, para mandar jogos na Série D nacional


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

13/06/2021 | 00:09


O Santo André volta a campo hoje, às 15h, no Estádio do Inamar, em Diadema, para sua primeira partida como mandante no Campeonato Brasileiro da Série D. Depois de vencer o Bangu-RJ na estreia, de virada, por 2 a 1, novamente o Ramalhão terá uma equipe fluminense pela frente, caso do Boavista-RJ, time de Saquarema que ficou no 0 a 0 com o São Bento na rodada inaugural.

Será o primeiro compromisso andreense tendo a praça esportiva diademense como casa, enquanto avançam as obras para instalação do gramado sintético no Bruno Daniel. Tanto os jogadores quanto o técnico Wilson Júnior destacaram que não poder atuar no Brunão faz falta – e custou caro no Paulistão, quando o time teve de mandar partidas no Canindé, na Capital, e lutou contra o rebaixamento até a última rodada, enquanto no ano anterior, quando teve sua casa disponível, teve aproximadamente 80% de aproveitamento como mandante.

“O fator casa é extremamente importante, nos fez muita falta no Paulistão e vai com certeza nos fazer falta para a Série D. Infelizmente não depende de nós jogadores ou do clube essa situação, porém vamos tentar fazer que essa diferença não seja tão grande e que possamos tirar de letra, para que não interfira tanto”, destacou o zagueiro PV. “Para mim, faz muita falta (o Bruno Daniel), acho que para todos. É nossa casa, nosso ambiente. Mas não podemos nos apegar nisso, porque já sabíamos quando começou o campeonato”, contemporizou o treinador.

Já segundo o atacante David Ribeiro, o Santo André deve desfrutar das boas condições do estádio de Diadema. “Acredito que a gente não vai ter dificuldade, até porque conhecemos o Inamar, estádio bom, com excelente gramado. Então vamos trabalhar e dar nosso melhor para que a vitória venha e possamos arrancar no campeonato”, afirmou o jogador, que foi revelado no Ramalhão, acabou negociado com o futebol da Bulgária, voltou ao País para vestir a camisa do Red Bull Brasil e acertou seu regresso à agremiação ramalhina.

Sobre o jogo de hoje, David Ribeiro projeta equilíbrio, mas demonstra confiança na segunda vitória da equipe na competição, podendo disparar na liderança do Grupo A-7. “Acho que vai ser partida difícil, dura. Eles têm grande equipe, como nós. Espero que possamos fazer boa partida, evoluir. Tenho certeza que temos grande potencial para fazer grande resultado, como fizemos fora de casa, e vamos trabalhar duro para que a vitória venha e possamos consolidar nosso grupo, que é batalhador e merece bastante”, concluiu o atacante.

O técnico Wilson Júnior deverá ter como novidade o meia Gian, que foi apresentado nesta semana. Ele defendeu o Rio Claro na campanha semifinalista do Galo Azul na Série A-2 do Campeonato Paulista, participando de 18 dos 19 jogos. Ainda assim, o time titular que venceu o Bangu deve ser mantido para desafiar o Boavista. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;