Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Alerta total


Do Diário do Grande ABC

05/05/2021 | 23:59


A recente queda nos números de contaminação e mortes pelo novo coronavírus entre representantes das faixas etárias que já foram vacinados pode deixar transparecer a falsa ideia de que o pior período da pandemia já passou. Especialistas, porém, são praticamente unânimes em dizer que pode haver terceira onda de casos se a população arrefecer nos cuidados sanitários. Não há, portanto, alternativa à observância sistemática dos protocolos antiCovid desenvolvidos, na falta de coordenação federal, por gestores estaduais e municipais.

No Grande ABC, onde o número de doentes e mortes entre quem já está imunizado também caiu drasticamente, o sinal de alerta segue no vermelho entre o público em geral. A região deve ultrapassar nas próximas horas a marca de 7.000 vidas ceifadas durante a pandemia – que, conforme mostra reportagem que ensejou a manchete principal desta edição do Diário, já matou mais pessoas nos quatro meses de 2021 do que em todo o ano passado. É de se imaginar quantas mais vidas podem ser perdidas se a população se convencer, falsamente, de que a fase mais dura da crise já foi superada.

Este jornal tem insistido na necessidade de as autoridades – federais, estaduais e municipais – investirem pesadamente em campanhas de conscientização da população, alertando sobre a importância de os cidadãos não afrouxarem as regras de distanciamento e de higienização e de comparecerem à rede de saúde para tomar a segunda dose da vacina, etapa importante para completar o ciclo de imunização.

A pior ameaça à existência humana em mais de um século dá sinais de que pode ser vencida, mas ainda há muito a se fazer. Os moradores das sete cidades estarão dando inestimável contribuição aos esforços internacionais de combate à pandemia se, independentemente de os indicadores da doença melhorarem, seguirem respeitando as regras sanitárias e vacinando-se de acordo com o calendário de prioridades. Um futuro menos letal, seja no Grande ABC ou em qualquer região do mundo, depende da tomada de consciência de cada um. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;