Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 13 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Em conversa com Kajuru, Bolsonaro diz que 'sairia na porrada' com Randolfe



12/04/2021 | 13:03


O senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) divulgou nesta segunda-feira, 12, novo trecho da conversa telefônica que teve com o presidente Jair Bolsonaro no fim de semana. No áudio, o chefe do Executivo diz que teria de "sair na porrada" com o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), líder da oposição no Senado e autor do pedido de criação da CPI da Covid, caso os governistas não tenham controle do colegiado. A comissão mira ações do governo federal na pandemia.

No novo trecho da conversa, Kajuru diz ao presidente que não participaria da CPI, caso o tom do colegiado fosse de revanche. E Bolsonaro responde: "Se você não participa, daí a canalhada lá do Randolfe Rodrigues vai participar. E vai começar a encher o saco. Daí, vou ter que sair na porrada com um bosta desse".

O trecho foi divulgado pelo senador em entrevista à Rádio Bandeirantes. Kajuru afirmou que avaliou como "desnecessária" a divulgação dessa parte da conversa deste domingo, 11, quando postou em suas redes sociais a primeira parte do diálogo. Ele citou que tinha a intenção de preservar "um amigo e colega senador". "Achei que o melhor para os dois era essa parte não ser colocada. Até porque não tinha nada a ver. Foi um momento de desabafo dele (Bolsonaro). Ele quis que colocasse o restante", disse.

Mais cedo, ao conversar com apoiadores, o presidente reclamou da divulgação de ontem, mas disse que, "da sua parte", todo o áudio poderia ser divulgado. A Coluna do Estadão revelou que Bolsonaro foi avisado por Kajuru com vinte minutos de antecedência que o áudio seria divulgado.

"A gravação é só com autorização judicial. Agora, gravar o presidente e divulgar. E outra, só para controle, falei mais coisas naquela conversa lá. Pode divulgar tudo da minha parte, tá?", disse o presidente a apoiadores nesta manhã.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Em conversa com Kajuru, Bolsonaro diz que 'sairia na porrada' com Randolfe


12/04/2021 | 13:03


O senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO) divulgou nesta segunda-feira, 12, novo trecho da conversa telefônica que teve com o presidente Jair Bolsonaro no fim de semana. No áudio, o chefe do Executivo diz que teria de "sair na porrada" com o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), líder da oposição no Senado e autor do pedido de criação da CPI da Covid, caso os governistas não tenham controle do colegiado. A comissão mira ações do governo federal na pandemia.

No novo trecho da conversa, Kajuru diz ao presidente que não participaria da CPI, caso o tom do colegiado fosse de revanche. E Bolsonaro responde: "Se você não participa, daí a canalhada lá do Randolfe Rodrigues vai participar. E vai começar a encher o saco. Daí, vou ter que sair na porrada com um bosta desse".

O trecho foi divulgado pelo senador em entrevista à Rádio Bandeirantes. Kajuru afirmou que avaliou como "desnecessária" a divulgação dessa parte da conversa deste domingo, 11, quando postou em suas redes sociais a primeira parte do diálogo. Ele citou que tinha a intenção de preservar "um amigo e colega senador". "Achei que o melhor para os dois era essa parte não ser colocada. Até porque não tinha nada a ver. Foi um momento de desabafo dele (Bolsonaro). Ele quis que colocasse o restante", disse.

Mais cedo, ao conversar com apoiadores, o presidente reclamou da divulgação de ontem, mas disse que, "da sua parte", todo o áudio poderia ser divulgado. A Coluna do Estadão revelou que Bolsonaro foi avisado por Kajuru com vinte minutos de antecedência que o áudio seria divulgado.

"A gravação é só com autorização judicial. Agora, gravar o presidente e divulgar. E outra, só para controle, falei mais coisas naquela conversa lá. Pode divulgar tudo da minha parte, tá?", disse o presidente a apoiadores nesta manhã.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;