Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 26 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Via Varejo reverte prejuízo com investimento no on-line

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Companhia sediada em S.Caetano chegou ao lucro líquido de R$ 100 milhões no período


Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

12/11/2020 | 00:06


A Via Varejo, companhia sediada em São Caetano e dona das marcas Casas Bahia e Ponto Frio, divulgou ontem à noite o balanço referente aos resultados do terceiro trimestre deste ano. Com foco no e-commerce durante a pandemia, o lucro líquido operacional do grupo no período chegou a R$ 100 milhões, revertendo prejuízo de R$ 208 milhões no terceiro trimestre de 2019.

A empresa terminou o trimestre com 41% de participação no canal on-line. O e-commerce cresceu 219% comparado com o mesmo período do ano passado, o que, segundo a empresa, é o maior crescimento entre os grandes players do varejo.

“O ganho de marketshare do 1P – produtos do estoque da companhia comercializados nas plataformas on-line – é nítido e a companhia também apostou em projeto de transformação da plataforma do marketplace – 3P, ou produtos de parceiros comercializados nas plataformas on-line”, disse a varejista, em comunicado. A primeira categoria apresentou crescimento de 294% em comparação com o mesmo período do ano passado.

“Sinalizando o potencial do que estará por vir, o 3P atingiu crescimento importante e apresentou evolução de 83% no terceiro trimestre de 2020. Nosso e-commerce, cada vez mais protagonista, aumentou sua participação de 18% no GMV (montante transacionado) total do terceiro trimestre de 2019 para 41% em igual período neste ano. Nossos aplicativos já participaram com 27% do GMV on-line (13% no terceiro trimestre de 2019). Destacamos que o mobile alcançou 80% de participação no GMV on-line (69% no terceiro trimestre de 2019)”, informou.

Além do marketshare, a Via Varejo apostou em demais ferramentas, como aplicativos, consulta de vendedores pelo WhatsApp e o sistema de retirada nas lojas.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Via Varejo reverte prejuízo com investimento no on-line

Companhia sediada em S.Caetano chegou ao lucro líquido de R$ 100 milhões no período

Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

12/11/2020 | 00:06


A Via Varejo, companhia sediada em São Caetano e dona das marcas Casas Bahia e Ponto Frio, divulgou ontem à noite o balanço referente aos resultados do terceiro trimestre deste ano. Com foco no e-commerce durante a pandemia, o lucro líquido operacional do grupo no período chegou a R$ 100 milhões, revertendo prejuízo de R$ 208 milhões no terceiro trimestre de 2019.

A empresa terminou o trimestre com 41% de participação no canal on-line. O e-commerce cresceu 219% comparado com o mesmo período do ano passado, o que, segundo a empresa, é o maior crescimento entre os grandes players do varejo.

“O ganho de marketshare do 1P – produtos do estoque da companhia comercializados nas plataformas on-line – é nítido e a companhia também apostou em projeto de transformação da plataforma do marketplace – 3P, ou produtos de parceiros comercializados nas plataformas on-line”, disse a varejista, em comunicado. A primeira categoria apresentou crescimento de 294% em comparação com o mesmo período do ano passado.

“Sinalizando o potencial do que estará por vir, o 3P atingiu crescimento importante e apresentou evolução de 83% no terceiro trimestre de 2020. Nosso e-commerce, cada vez mais protagonista, aumentou sua participação de 18% no GMV (montante transacionado) total do terceiro trimestre de 2019 para 41% em igual período neste ano. Nossos aplicativos já participaram com 27% do GMV on-line (13% no terceiro trimestre de 2019). Destacamos que o mobile alcançou 80% de participação no GMV on-line (69% no terceiro trimestre de 2019)”, informou.

Além do marketshare, a Via Varejo apostou em demais ferramentas, como aplicativos, consulta de vendedores pelo WhatsApp e o sistema de retirada nas lojas.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;