Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 26 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

GM prorroga lay-off em São Caetano por mais cinco meses

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

12/11/2020 | 00:13


A GM (General Motors) anunciou aos trabalhadores da fábrica de São Caetano, que vai prorrogar o lay-off (suspensão temporária do contrato de trabalho) por mais cinco meses, a partir do dia 13. Na semana passada, a empresa suspendeu as férias coletivas.

Segundo o presidente licenciado do Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano, Aparecido Inácio da Silva, o Cidão, “já estava prevista a possibilidade de renovação automática do mecanismo no acordo anterior aprovado pelos trabalhadores”, afirmou ele, que também confirmou que só os 500 empregados já afastados vão continuar em lay-off.

Comunicado da empresa aos trabalhadores fala sobre as dificuldades do mercado, que segue numa lenta recuperação com a crise causada pela pandemia. “A previsão é de que a indústria retome aos níveis de vendas que tinha antes da pandemia somente por volta de 2023. Em outubro de 2020, nosso volume de vendas foi 21,3% menor quando comparado ao mesmo mês de 2019.” Questionada, a GM disse que não iria comentar.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

GM prorroga lay-off em São Caetano por mais cinco meses

Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

12/11/2020 | 00:13


A GM (General Motors) anunciou aos trabalhadores da fábrica de São Caetano, que vai prorrogar o lay-off (suspensão temporária do contrato de trabalho) por mais cinco meses, a partir do dia 13. Na semana passada, a empresa suspendeu as férias coletivas.

Segundo o presidente licenciado do Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano, Aparecido Inácio da Silva, o Cidão, “já estava prevista a possibilidade de renovação automática do mecanismo no acordo anterior aprovado pelos trabalhadores”, afirmou ele, que também confirmou que só os 500 empregados já afastados vão continuar em lay-off.

Comunicado da empresa aos trabalhadores fala sobre as dificuldades do mercado, que segue numa lenta recuperação com a crise causada pela pandemia. “A previsão é de que a indústria retome aos níveis de vendas que tinha antes da pandemia somente por volta de 2023. Em outubro de 2020, nosso volume de vendas foi 21,3% menor quando comparado ao mesmo mês de 2019.” Questionada, a GM disse que não iria comentar.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;