Fechar
Publicidade

Domingo, 29 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

MTST faz manifestação no Paço de Santo André; representantes são atendidos

Claudinei Plaza/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Marcela Ibelli
Do Diário do Grande ABC

03/09/2020 | 19:30


Na tarde desta quinta-feira (3), cerca de 250 manifestantes do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) foram até o Paço Municipal de Santo André e entraram no prédio da Prefeitura. Entre as solicitações do movimento estão o cadastramento de famílias para continuidade da regularização de moradias, discussão e cadastramento do Número de Identificação Social, resoluções sobre impostos, entre outros assuntos. O grupo ficou dentro do prédio por volta de 40 minutos e depois foi até a área externa do Paço. A Prefeitura – representada por integrantes da Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária, Secretaria de Assuntos Jurídicos e Secretaria de Segurança Cidadã - recebeu representantes do movimento para reunião, que não estava agendada.

De acordo com nota enviada pelo Paço, a Prefeitura “dará prosseguimento ao diálogo com o movimento e fará todos os esforços possíveis para a solução de cada demanda apresentada. Esse esforço ocorrerá mesmo com as dificuldades na tramitação de alguns processos por conta da pandemia de Covid-19, que resultam em número reduzido de funcionários por conta de afastamentos, por exemplo.” Ainda no texto, a Prefeitura afirma que “repudia a aglomeração de pessoas neste momento em que a pandemia ainda não está controlada, ainda que a manifestação seja legítima em seu conteúdo.”

Em live na noite desta quinta-feira, o Prefeito Paulo Serra (PSDB) comentou sobre a manifestação. “Neste momento de pandemia, condenamos este tipo de ação. Não pelo protesto, que é legítimo, mas pela aglomeração, pessoas sem máscaras, O grupo deu mau exemplo. Ninguém entrou em contato, eles chegaram sem avisar.”

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

MTST faz manifestação no Paço de Santo André; representantes são atendidos

Marcela Ibelli
Do Diário do Grande ABC

03/09/2020 | 19:30


Na tarde desta quinta-feira (3), cerca de 250 manifestantes do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) foram até o Paço Municipal de Santo André e entraram no prédio da Prefeitura. Entre as solicitações do movimento estão o cadastramento de famílias para continuidade da regularização de moradias, discussão e cadastramento do Número de Identificação Social, resoluções sobre impostos, entre outros assuntos. O grupo ficou dentro do prédio por volta de 40 minutos e depois foi até a área externa do Paço. A Prefeitura – representada por integrantes da Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária, Secretaria de Assuntos Jurídicos e Secretaria de Segurança Cidadã - recebeu representantes do movimento para reunião, que não estava agendada.

De acordo com nota enviada pelo Paço, a Prefeitura “dará prosseguimento ao diálogo com o movimento e fará todos os esforços possíveis para a solução de cada demanda apresentada. Esse esforço ocorrerá mesmo com as dificuldades na tramitação de alguns processos por conta da pandemia de Covid-19, que resultam em número reduzido de funcionários por conta de afastamentos, por exemplo.” Ainda no texto, a Prefeitura afirma que “repudia a aglomeração de pessoas neste momento em que a pandemia ainda não está controlada, ainda que a manifestação seja legítima em seu conteúdo.”

Em live na noite desta quinta-feira, o Prefeito Paulo Serra (PSDB) comentou sobre a manifestação. “Neste momento de pandemia, condenamos este tipo de ação. Não pelo protesto, que é legítimo, mas pela aglomeração, pessoas sem máscaras, O grupo deu mau exemplo. Ninguém entrou em contato, eles chegaram sem avisar.”

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;