Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Público crescido da MTV ganha canal mais adulto


Alessandro Soares
Do Diário do Grande ABC

21/11/2005 | 08:29


O jovem que cresceu vendo a MTV desde 1990 e enjoou do perfil adolescente da emissora musical, tem a partir desta segunda-feira a opção de manter-se fiel a seus princípios de entretenimento, mas num canal um pouco mais adulto. Entra em operação nesta segunda-feira o VH1, de variedades, cultura pop e música. A faixa etária de público pretendida, de 25 a 49 anos, é a mesma atingida pelo canal-matriz norte-americano, ligado à própria MTV e à gigante Viacom. O objetivo também é captar a audiência formada pela MTV Brasil, mas que, passado um tempo, quer algo mais. Nos países latinos onde estreou - Argentina e México, por exemplo -, o canal começou devagar e foi subindo na audiência. A expectativa é a mesma para a performance brasileira.

Pelo menos um terço da programação terá produção e profissionais brasileiros. Rostos e vozes de Marisa Monte, Seu Jorge, Lulu Santos e Los Hermanos dividirão a tela com, entre tantos, Paul McCartney, Alannis Morisette, Madonna e a trupe dos Stones. O restante dos programas são da matriz - exibidos com legendas. Programas originais do canal tratam de temas como cinema, música, bastidores do mundo pop e detalhes da vida de astros e estrelas.

No Grande ABC, a Sky é a operadora disponível para assinantes. É onde o VH1 pode ser sintonizado, pelo menos por enquanto. "A Vivax também está na lista das operadoras que devem fechar com o canal, mas ainda faltam detalhes contratuais e a decisão pode sair ainda este ano", afirma Cristina Bandiera, diretora de marketing da Vivax.

Enquanto isso, na estréia do canal, Gisele Bündchen e Leonardo DiCaprio. Eles aparecem como protagonistas em A Vida Glamourosa, produção feita enquanto eles ainda namoravam e que vai ao ar nesta segunda-feira, às 19h. Trinta minutos depois do ex-casal, é a vez do programa mostrar o que o bad boy do hip hop P.Diddy - ex-Puffy Daddy - tem de glamour em sua vida. All Access, às 20h, também estréia nesta segunda-feira tendo o mundo do rock - fama, intriga, moda - como mote principal.

Seriados e reality shows também fazem parte da programação, bem como filmes, tanto clássicos quanto inéditos. Nesta terça-feira, às 21h, será exibido O Cantor de Jazz. Na quinta-feira, às 19h, passa o documentário Beyonce Knowles, no bloco Driven, sobre a vida da cantora Beyoncé. Da timidez da infância, ela passa pelo grupo Destiny's Child e é responsabilizada por sua dissolução até se firmar solo com o álbum Survivor. Uma história de sucesso e superação bem ao gosto norte-americano. Na sexta, o cartaz é o cult Os Irmãos Cara-de-Pau.

Gay pay-per-view - Além do VH1, também entrou no ar pela Sky, na sexta-feira passada, o Logo TV, primeiro serviço pay-per-view da América Latina para o público gay. Ambos são canais administrados pela Viacom Networks Brasil - responsável ainda pelo infanto-juvenil Nickelodeon - e farão parte da MTV Networks Latin America, divisão da Viacom. A MTV Brasil é gerenciada no país pelo Grupo Abril, e será parceira das operações da Viacom Brasil no canal VH1.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Público crescido da MTV ganha canal mais adulto

Alessandro Soares
Do Diário do Grande ABC

21/11/2005 | 08:29


O jovem que cresceu vendo a MTV desde 1990 e enjoou do perfil adolescente da emissora musical, tem a partir desta segunda-feira a opção de manter-se fiel a seus princípios de entretenimento, mas num canal um pouco mais adulto. Entra em operação nesta segunda-feira o VH1, de variedades, cultura pop e música. A faixa etária de público pretendida, de 25 a 49 anos, é a mesma atingida pelo canal-matriz norte-americano, ligado à própria MTV e à gigante Viacom. O objetivo também é captar a audiência formada pela MTV Brasil, mas que, passado um tempo, quer algo mais. Nos países latinos onde estreou - Argentina e México, por exemplo -, o canal começou devagar e foi subindo na audiência. A expectativa é a mesma para a performance brasileira.

Pelo menos um terço da programação terá produção e profissionais brasileiros. Rostos e vozes de Marisa Monte, Seu Jorge, Lulu Santos e Los Hermanos dividirão a tela com, entre tantos, Paul McCartney, Alannis Morisette, Madonna e a trupe dos Stones. O restante dos programas são da matriz - exibidos com legendas. Programas originais do canal tratam de temas como cinema, música, bastidores do mundo pop e detalhes da vida de astros e estrelas.

No Grande ABC, a Sky é a operadora disponível para assinantes. É onde o VH1 pode ser sintonizado, pelo menos por enquanto. "A Vivax também está na lista das operadoras que devem fechar com o canal, mas ainda faltam detalhes contratuais e a decisão pode sair ainda este ano", afirma Cristina Bandiera, diretora de marketing da Vivax.

Enquanto isso, na estréia do canal, Gisele Bündchen e Leonardo DiCaprio. Eles aparecem como protagonistas em A Vida Glamourosa, produção feita enquanto eles ainda namoravam e que vai ao ar nesta segunda-feira, às 19h. Trinta minutos depois do ex-casal, é a vez do programa mostrar o que o bad boy do hip hop P.Diddy - ex-Puffy Daddy - tem de glamour em sua vida. All Access, às 20h, também estréia nesta segunda-feira tendo o mundo do rock - fama, intriga, moda - como mote principal.

Seriados e reality shows também fazem parte da programação, bem como filmes, tanto clássicos quanto inéditos. Nesta terça-feira, às 21h, será exibido O Cantor de Jazz. Na quinta-feira, às 19h, passa o documentário Beyonce Knowles, no bloco Driven, sobre a vida da cantora Beyoncé. Da timidez da infância, ela passa pelo grupo Destiny's Child e é responsabilizada por sua dissolução até se firmar solo com o álbum Survivor. Uma história de sucesso e superação bem ao gosto norte-americano. Na sexta, o cartaz é o cult Os Irmãos Cara-de-Pau.

Gay pay-per-view - Além do VH1, também entrou no ar pela Sky, na sexta-feira passada, o Logo TV, primeiro serviço pay-per-view da América Latina para o público gay. Ambos são canais administrados pela Viacom Networks Brasil - responsável ainda pelo infanto-juvenil Nickelodeon - e farão parte da MTV Networks Latin America, divisão da Viacom. A MTV Brasil é gerenciada no país pelo Grupo Abril, e será parceira das operações da Viacom Brasil no canal VH1.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;