Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 26 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Ferj processa Fluminense e Botafogo por danos morais e pede indenização

Reprodução/Instagram Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


14/07/2020 | 14:48


A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) entrou, nesta terça-feira, na Justiça contra Botafogo e Fluminense. Motivo: os protestos feitos pelos clubes como crítica ao retorno do Campeonato Carioca.

A entidade exige retratação pública e pede R$ 100 mil por danos morais, além de indenização por danos materiais em valores a serem estabelecidos.

A Ferj, por via de documento, alega que Botafogo e Fluminense "expuseram grosseira e mentirosamente uma série de supostas irregularidades imputadas à Autora" e diz que "é muita covardia de ambos mandatários agirem às expensas das instituições que administram para tentar infligir alguma dor na moral alheia, visando amealhar alguma fugaz repercussão social".

Entre os pontos criticados pelos clubes, a Ferj discordou do "atraso" forçado na volta aos treinos, alegando que as autoridades já haviam autorizado a volta das atividades: "Essa retórica vazia e oportunista somente tem o condão de desvirtuar o foco da questão, qual seja, a inabilidade em gerir a crise em um clube falido. O suposto motivo nobre nada mais do que mascara uma triste realidade de bancarrota absoluta, bancada por sucessivas administrações incompetentes".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ferj processa Fluminense e Botafogo por danos morais e pede indenização


14/07/2020 | 14:48


A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) entrou, nesta terça-feira, na Justiça contra Botafogo e Fluminense. Motivo: os protestos feitos pelos clubes como crítica ao retorno do Campeonato Carioca.

A entidade exige retratação pública e pede R$ 100 mil por danos morais, além de indenização por danos materiais em valores a serem estabelecidos.

A Ferj, por via de documento, alega que Botafogo e Fluminense "expuseram grosseira e mentirosamente uma série de supostas irregularidades imputadas à Autora" e diz que "é muita covardia de ambos mandatários agirem às expensas das instituições que administram para tentar infligir alguma dor na moral alheia, visando amealhar alguma fugaz repercussão social".

Entre os pontos criticados pelos clubes, a Ferj discordou do "atraso" forçado na volta aos treinos, alegando que as autoridades já haviam autorizado a volta das atividades: "Essa retórica vazia e oportunista somente tem o condão de desvirtuar o foco da questão, qual seja, a inabilidade em gerir a crise em um clube falido. O suposto motivo nobre nada mais do que mascara uma triste realidade de bancarrota absoluta, bancada por sucessivas administrações incompetentes".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;