Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Santo André realiza operação integrada com 200 policiais

André Henriques/ DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ação visa combater tráfico de drogas e crimes patrimoniais em locais já mapeados; operação teve início a zero hora de hoje


Yasmin Assagra
Do Diário do Grande ABC

20/02/2020 | 15:52


A Prefeitura de Santo André divulgou, na tarde desta quinta-feira (20), a operação integrada de segurança Santo André Mais Segura, realizada em parceria entre a GCM (Guarda Civil Municipal), PM (Polícia Militar) do 41° Batalhão e 10º Batalhão do município, Polícia Civil e Baep (Batalhão de Ações Especiais de Polícia), que iniciou à zero hoje de hoje e visa combater pontos de tráficos de drogas e locais com maiores registros de crimes patrimoniais. 

Segundo o comandante da corporação no Grande ABC, coronel Renato Nery Machado, a operação passou por um planejamento estratégico, na semana passada, para mapear possíveis pontos de atuação para combate aos tráficos de drogas e dos crimes patrimoniais. "Por meio do nosso fluxo de informação e dessa integração das forças de segurança, conseguimos abranger os pontos necessários. Isso também, é estrategicamente na véspera do Carnaval, período que o tráfico cresce", destaca Nery. 

Ainda de acordo com o coronel, os pontos de tráficos de drogas "infelizmente, estão espalhados pela cidade", e foram mapeados de acordo com investigações anteriores. Em questão aos crimes patrimoniais, será focado no bairro Valparaíso. Conforme já notificado, pelo Diário, na última quarta-feira (19), os moradores pedem ajuda contra assaltos em toda região, onde pelo menos seis vítimas e uma pessoa foi baleada desde janeiro deste ano. 

Ao todo, serão em média 200 policias na operação, sendo 60 policias militares efetivos do Baep, 50 policias civis e cerca de 52 guardas civis municipais. Para as viaturas, serão 70 em operação. A operação que seguirá até a zero hora de amanhã, seguirá em turnos entre os agentes. "A Polícia Militar entrou em ação logo no início (à zero hora), Polícia Civil a partir das 5h e a Guarda Municipal também pela manhã e seguirá até final da noite", detalha Renato Nery. 

O prefeito da cidade, Paulo Serra (PSDB), destaca que a integração busca resultados positivos no cenário de redução nos índices de criminalidades. "O caminho é esse. Essa mobilização dos profissionais e forças atuando em toda cidade é muito importante. A operação foi baseada no planejamento estratégico que são baseados no aumento de índices", destaca o chefe do Executivo. 

CARNAVAL

Na ocasião, o comandante Renato Nery pontuou que, não só em Santo André mas em toda região, cerca de 1.800 policiais estarão trabalhando durante os dias de folia. "Todo policiamento das sete cidades será reforçado durante os dias, principalmente, próximo aos blocos de Carnaval, com auxílio dos agentes de trânsito que reforçam o auxílio", finaliza Nery. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Santo André realiza operação integrada com 200 policiais

Ação visa combater tráfico de drogas e crimes patrimoniais em locais já mapeados; operação teve início a zero hora de hoje

Yasmin Assagra
Do Diário do Grande ABC

20/02/2020 | 15:52


A Prefeitura de Santo André divulgou, na tarde desta quinta-feira (20), a operação integrada de segurança Santo André Mais Segura, realizada em parceria entre a GCM (Guarda Civil Municipal), PM (Polícia Militar) do 41° Batalhão e 10º Batalhão do município, Polícia Civil e Baep (Batalhão de Ações Especiais de Polícia), que iniciou à zero hoje de hoje e visa combater pontos de tráficos de drogas e locais com maiores registros de crimes patrimoniais. 

Segundo o comandante da corporação no Grande ABC, coronel Renato Nery Machado, a operação passou por um planejamento estratégico, na semana passada, para mapear possíveis pontos de atuação para combate aos tráficos de drogas e dos crimes patrimoniais. "Por meio do nosso fluxo de informação e dessa integração das forças de segurança, conseguimos abranger os pontos necessários. Isso também, é estrategicamente na véspera do Carnaval, período que o tráfico cresce", destaca Nery. 

Ainda de acordo com o coronel, os pontos de tráficos de drogas "infelizmente, estão espalhados pela cidade", e foram mapeados de acordo com investigações anteriores. Em questão aos crimes patrimoniais, será focado no bairro Valparaíso. Conforme já notificado, pelo Diário, na última quarta-feira (19), os moradores pedem ajuda contra assaltos em toda região, onde pelo menos seis vítimas e uma pessoa foi baleada desde janeiro deste ano. 

Ao todo, serão em média 200 policias na operação, sendo 60 policias militares efetivos do Baep, 50 policias civis e cerca de 52 guardas civis municipais. Para as viaturas, serão 70 em operação. A operação que seguirá até a zero hora de amanhã, seguirá em turnos entre os agentes. "A Polícia Militar entrou em ação logo no início (à zero hora), Polícia Civil a partir das 5h e a Guarda Municipal também pela manhã e seguirá até final da noite", detalha Renato Nery. 

O prefeito da cidade, Paulo Serra (PSDB), destaca que a integração busca resultados positivos no cenário de redução nos índices de criminalidades. "O caminho é esse. Essa mobilização dos profissionais e forças atuando em toda cidade é muito importante. A operação foi baseada no planejamento estratégico que são baseados no aumento de índices", destaca o chefe do Executivo. 

CARNAVAL

Na ocasião, o comandante Renato Nery pontuou que, não só em Santo André mas em toda região, cerca de 1.800 policiais estarão trabalhando durante os dias de folia. "Todo policiamento das sete cidades será reforçado durante os dias, principalmente, próximo aos blocos de Carnaval, com auxílio dos agentes de trânsito que reforçam o auxílio", finaliza Nery. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;