Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Festa de pré-carnaval em minas termina com cinco pessoas baleadas



17/02/2020 | 20:02


Cinco pessoas foram baleadas durante tiroteio em festa de pré-carnaval no fim de semana em Lagoa Santa, na região metropolitana de Belo Horizonte. Todas foram encaminhadas para hospital da cidade vizinha à capital. Quatro foram atingidas nas pernas e uma, no braço. Os tiros, conforme as cinco vítimas informaram à Polícia Militar, seriam para outra pessoa, que estava próxima e revidou os disparos.

O tiroteio aconteceu em rua do bairro Várzea, onde acontecia o pré-carnaval, por volta das 20h de sábado, 15. Conforme as vítimas disseram à Polícia Militar, quatro homens desceram de um Fiat Punto, dois deles armados, e começaram a disparar na direção da pessoa que revidou, identificada apenas como PH, de 16 anos, que fugiu do local.

Ao tomar conhecimento da entrada de baleados no hospital da cidade, a PM fez buscas no bairro Várzea, mas não localizou nenhum dos envolvidos no tiroteio. O caso foi encaminhado à Polícia Civil para investigação. Os baleados são um adolescente de 16 anos e outro de 13, e Welder Marcos dos Santos Menezes, de 18, atingido no braço esquerdo, Arthur Pedro da Cruz, de 20 e Leonardo Batista de Souza, de 28, esses baleados na perna esquerda.

Segurança na capital

Segundo o governo do Estado, 9 mil policiais militares estarão nas ruas da capital durante o carnaval. Haverá monitoramento por drones. A prefeitura anunciou esquema especial que vai contar com 1,8 mil câmeras de vigilância, para auxílio, sobretudo, no monitoramento para combate ao vandalismo e depredação do patrimônio público.

Equipes volantes compostas por policiais militares, agentes da Guarda Civil Municipal, agentes da BHTrans e fiscais da prefeitura circularão diariamente pela capital das 10h às 4h. Todo o efetivo da guarda, um total de 2.049 agentes, vai trabalhar nas ruas em regime de escala durante o carnaval, conforme a prefeitura. A expectativa das autoridades é que cinco milhões de pessoas participem do carnaval na cidade.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Festa de pré-carnaval em minas termina com cinco pessoas baleadas


17/02/2020 | 20:02


Cinco pessoas foram baleadas durante tiroteio em festa de pré-carnaval no fim de semana em Lagoa Santa, na região metropolitana de Belo Horizonte. Todas foram encaminhadas para hospital da cidade vizinha à capital. Quatro foram atingidas nas pernas e uma, no braço. Os tiros, conforme as cinco vítimas informaram à Polícia Militar, seriam para outra pessoa, que estava próxima e revidou os disparos.

O tiroteio aconteceu em rua do bairro Várzea, onde acontecia o pré-carnaval, por volta das 20h de sábado, 15. Conforme as vítimas disseram à Polícia Militar, quatro homens desceram de um Fiat Punto, dois deles armados, e começaram a disparar na direção da pessoa que revidou, identificada apenas como PH, de 16 anos, que fugiu do local.

Ao tomar conhecimento da entrada de baleados no hospital da cidade, a PM fez buscas no bairro Várzea, mas não localizou nenhum dos envolvidos no tiroteio. O caso foi encaminhado à Polícia Civil para investigação. Os baleados são um adolescente de 16 anos e outro de 13, e Welder Marcos dos Santos Menezes, de 18, atingido no braço esquerdo, Arthur Pedro da Cruz, de 20 e Leonardo Batista de Souza, de 28, esses baleados na perna esquerda.

Segurança na capital

Segundo o governo do Estado, 9 mil policiais militares estarão nas ruas da capital durante o carnaval. Haverá monitoramento por drones. A prefeitura anunciou esquema especial que vai contar com 1,8 mil câmeras de vigilância, para auxílio, sobretudo, no monitoramento para combate ao vandalismo e depredação do patrimônio público.

Equipes volantes compostas por policiais militares, agentes da Guarda Civil Municipal, agentes da BHTrans e fiscais da prefeitura circularão diariamente pela capital das 10h às 4h. Todo o efetivo da guarda, um total de 2.049 agentes, vai trabalhar nas ruas em regime de escala durante o carnaval, conforme a prefeitura. A expectativa das autoridades é que cinco milhões de pessoas participem do carnaval na cidade.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;