Fechar
Publicidade

Domingo, 23 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Projeto piloto prevê ações de mobilidade na Avenida da Paz

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ação consiste em adaptar a via aos padrões internacionais de mobilidade, nos quais o pedestre é priorizado


Natália Fernandjes
Do Diário do Grande ABC

28/01/2020 | 00:01


 A Prefeitura de Santo André apresentou ontem ao Consórcio Intermunicipal do Grande ABC o primeiro projeto-piloto de requalificação urbana do Programa Ruas Completas da região. A ação consiste em adaptar a Avenida da Paz, em Utinga, aos padrões internacionais de mobilidade, nos quais o pedestre é priorizado. Além de faixas de passagem, calçadas adaptadas e iluminação, estão previstas obras de drenagem, construção de ciclovia e colocação de lixeiras.

Secretário executivo do Consórcio, Edgard Brandão explica que a Avenida da Paz foi escolhida pela proximidade com a Estação Utinga da Linha 10-Turquesa da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) e por estar em área de divisa entre Santo André, São Caetano e a Zona Leste da Capital. “Agora o projeto é concentrar esforços para a obtenção de recursos para a implementação do projeto”, diz. A expectativa é a de que os trabalhos sejam iniciados até o fim do ano.

O objetivo é realizar ação conjunta entre o poder público e as universidades, engajando docentes para a troca de experiências e estimulando a formação de profissionais qualificados para realizar projetos que tornem as cidades mais seguras e democráticas, explica Brandão. “Nosso foco são as pessoas, criar um ambiente para o pedestre, idosos e indivíduos com deficiência. A ideia é que o projeto tenha continuidade nas demais cidades, principalmente nas proximidades das demais estações da CPTM até Rio Grande da Serra.”

Para o secretário executivo do Consórcio, entre os benefícios da medida está o provável impacto na redução de acidentes e mortes no trânsito. O Grande ABC registrou alta de 15,42% nas mortes em decorrência de acidentes de trânsito entre janeiro e dezembro do ano passado em relação a 2018. Conforme o Infosiga (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo), foram 232 vítimas fatais em 2019 e 201 um ano antes. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Projeto piloto prevê ações de mobilidade na Avenida da Paz

Ação consiste em adaptar a via aos padrões internacionais de mobilidade, nos quais o pedestre é priorizado

Natália Fernandjes
Do Diário do Grande ABC

28/01/2020 | 00:01


 A Prefeitura de Santo André apresentou ontem ao Consórcio Intermunicipal do Grande ABC o primeiro projeto-piloto de requalificação urbana do Programa Ruas Completas da região. A ação consiste em adaptar a Avenida da Paz, em Utinga, aos padrões internacionais de mobilidade, nos quais o pedestre é priorizado. Além de faixas de passagem, calçadas adaptadas e iluminação, estão previstas obras de drenagem, construção de ciclovia e colocação de lixeiras.

Secretário executivo do Consórcio, Edgard Brandão explica que a Avenida da Paz foi escolhida pela proximidade com a Estação Utinga da Linha 10-Turquesa da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) e por estar em área de divisa entre Santo André, São Caetano e a Zona Leste da Capital. “Agora o projeto é concentrar esforços para a obtenção de recursos para a implementação do projeto”, diz. A expectativa é a de que os trabalhos sejam iniciados até o fim do ano.

O objetivo é realizar ação conjunta entre o poder público e as universidades, engajando docentes para a troca de experiências e estimulando a formação de profissionais qualificados para realizar projetos que tornem as cidades mais seguras e democráticas, explica Brandão. “Nosso foco são as pessoas, criar um ambiente para o pedestre, idosos e indivíduos com deficiência. A ideia é que o projeto tenha continuidade nas demais cidades, principalmente nas proximidades das demais estações da CPTM até Rio Grande da Serra.”

Para o secretário executivo do Consórcio, entre os benefícios da medida está o provável impacto na redução de acidentes e mortes no trânsito. O Grande ABC registrou alta de 15,42% nas mortes em decorrência de acidentes de trânsito entre janeiro e dezembro do ano passado em relação a 2018. Conforme o Infosiga (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo), foram 232 vítimas fatais em 2019 e 201 um ano antes. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;