Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Ozzy Osbourne revela que foi diagnosticado com Parkinson

Reprodução/Instragram Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


21/01/2020 | 15:39


O cantor Ozzy Osbourne revelou que tem doença de Parkinson e falou sobre os diversos problemas de saúde que vem enfrentando desde 2019. Ele abordou o tema em entrevista para o Good Morning America, exibida nos dias 20 e 21 de janeiro.

"Eu tive uma queda feia e tive que fazer uma cirurgia no pescoço, o que prejudicou meus nervos", explicou o cantor ao lado da mulher, Sharon. Ozzy chegou a cancelar a turnê que faria na Europa, por causa de problemas de saúde.

Sharon explicou que os médicos não sabem diferenciar o que seriam problemas nos nervos decorrentes da cirurgia e o que seriam consequências do Parkinson. Ozzy relata que há dias em que ele não sente partes do corpo, como o braço ou a perna.

O cantor disse que está tomando medicamentos para os nervos e para a doença, e que pretende ir à Suíça realizar um tratamento para melhorar sua imunidade. Em 2019, Ozzy teve uma pneumonia, uma gripe e uma infecção nas mãos, além de realizar diversas cirurgias na coluna e no pescoço.

"No próximo mês, fará um ano da queda. Foi o ano mais longo, miserável, doloroso e horrível da minha vida", comentou Ozzy. O artista disse que está com saudades dos fãs e que pretende retomar os shows o mais rápido possível. "Eu não vejo a hora de voltar, isso não estar em shows está me matando", disse Osbourne.

O cantor também deu detalhes da queda em fevereiro de 2019: "quando eu tive a queda? estava escuro, eu fui no banheiro e caí. Eu fiquei ali pensando ''bom, olha o que você fez agora''. Sharon chamou uma ambulância e, desde então, tem sido ladeira abaixo".

Ozzy também rebateu boatos que surgiram no começo deste ano de que ele estaria perto de morrer. "Estou bem distante do leito de morte. Eu estou bem melhor agora do que estava em fevereiro do ano passado. Eu estava em um estado chocante."

Kelly, filha do cantor que já havia negado os boatos sobre o pai, também esteve na entrevista e falou sobre a condição dele. "Há alguns dias em que você aparece em casa e não há nada de errado com ele. E você pensa ''que ótimo, vamos para uma turnê mês que vem, então'', e aí você volta no dia seguinte e nada aconteceu, mas ele não sente o braço e nem consegue levantar do sofá", disse ela. "A parte mais difícil é ver alguém que você ama sofrer."

Clique aqui



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ozzy Osbourne revela que foi diagnosticado com Parkinson


21/01/2020 | 15:39


O cantor Ozzy Osbourne revelou que tem doença de Parkinson e falou sobre os diversos problemas de saúde que vem enfrentando desde 2019. Ele abordou o tema em entrevista para o Good Morning America, exibida nos dias 20 e 21 de janeiro.

"Eu tive uma queda feia e tive que fazer uma cirurgia no pescoço, o que prejudicou meus nervos", explicou o cantor ao lado da mulher, Sharon. Ozzy chegou a cancelar a turnê que faria na Europa, por causa de problemas de saúde.

Sharon explicou que os médicos não sabem diferenciar o que seriam problemas nos nervos decorrentes da cirurgia e o que seriam consequências do Parkinson. Ozzy relata que há dias em que ele não sente partes do corpo, como o braço ou a perna.

O cantor disse que está tomando medicamentos para os nervos e para a doença, e que pretende ir à Suíça realizar um tratamento para melhorar sua imunidade. Em 2019, Ozzy teve uma pneumonia, uma gripe e uma infecção nas mãos, além de realizar diversas cirurgias na coluna e no pescoço.

"No próximo mês, fará um ano da queda. Foi o ano mais longo, miserável, doloroso e horrível da minha vida", comentou Ozzy. O artista disse que está com saudades dos fãs e que pretende retomar os shows o mais rápido possível. "Eu não vejo a hora de voltar, isso não estar em shows está me matando", disse Osbourne.

O cantor também deu detalhes da queda em fevereiro de 2019: "quando eu tive a queda? estava escuro, eu fui no banheiro e caí. Eu fiquei ali pensando ''bom, olha o que você fez agora''. Sharon chamou uma ambulância e, desde então, tem sido ladeira abaixo".

Ozzy também rebateu boatos que surgiram no começo deste ano de que ele estaria perto de morrer. "Estou bem distante do leito de morte. Eu estou bem melhor agora do que estava em fevereiro do ano passado. Eu estava em um estado chocante."

Kelly, filha do cantor que já havia negado os boatos sobre o pai, também esteve na entrevista e falou sobre a condição dele. "Há alguns dias em que você aparece em casa e não há nada de errado com ele. E você pensa ''que ótimo, vamos para uma turnê mês que vem, então'', e aí você volta no dia seguinte e nada aconteceu, mas ele não sente o braço e nem consegue levantar do sofá", disse ela. "A parte mais difícil é ver alguém que você ama sofrer."

Clique aqui

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;