Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 12 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Único representante do Brasil no ATP Finals, Melo quer encerrar série de "vices"



10/11/2019 | 05:45


Único representante do Brasil nesta edição do ATP Finals, Marcelo Melo vai tentar em Londres encerrar uma sequência de três vice-campeonatos seguidos. Para tanto, ele e o polonês Lukasz Kubot entram como um dos principais favoritos, formando a dupla cabeça de chave número dois.

"Acho que fizemos uma boa temporada. Logicamente, como todos os outros, com altos e baixos. Mas, o importante foi classificar para o Finals, que é o objetivo desde o início do ano. A gente chega aqui bem, a expectativa é muito boa", diz o tenista brasileiro, que tenta conquistar um título que não vem para o Brasil desde que Guga Kuerten foi campeão em simples em 2000.

Ele e Kubot vão estrear neste domingo, às 15 horas (horário de Brasília), contra o croata Ivan Dodig, ex-parceiro de Melo, e o eslovaco Filip Polasek.

Melo garante que a sequência de três vices consecutivos, em Pequim, Xangai e Viena, não abalou a confiança da dupla. "Acho que faltou um pouco nas finais. Em Viena tivemos uma bela chance, mas não começamos bem o match tie-break. Acho que em Xangai não tivemos tantas chances assim. Mas isso faz parte, isso é o tênis. No ano passado, tivemos dois títulos nesta época do ano, agora tivemos dois vices. São excelentes resultados", afirmou Melo ao Estado.

Melo e Kubot estão no Grupo Jonas Bjorkman. Na primeira fase, terão pela frente Rajeev Ram (EUA)/Joe Salisbury (Inglaterra), Raven Klaasen (África do Sul)/Michael Venus (Nova Zelândia) e Ivan Dodig (Croácia)/Filip Polasek (Eslováquia). Os principais favoritos ao título são os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah, que encabeçam o Grupo Max Mirnyi.

"Estamos muito bem, agora tivemos um bom tempo para dar uma boa descansada antes de iniciar os treinos aqui em Londres. Os jogos só começam no domingo, então estamos nos coordenando muito bem neste período", afirmou Melo.

Ele será o único representante do Brasil na competição, que vai reunir as oito melhores duplas da temporada, porque Bruno Soares não obteve a classificação neste ano. O brasileiro trocou de duplas no meio do ano e passou a formar parceria com o croata Mate Pavic. Assim, não jogaram competições suficientes para somar pontuação para entrar no ATP Finals.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Único representante do Brasil no ATP Finals, Melo quer encerrar série de "vices"


10/11/2019 | 05:45


Único representante do Brasil nesta edição do ATP Finals, Marcelo Melo vai tentar em Londres encerrar uma sequência de três vice-campeonatos seguidos. Para tanto, ele e o polonês Lukasz Kubot entram como um dos principais favoritos, formando a dupla cabeça de chave número dois.

"Acho que fizemos uma boa temporada. Logicamente, como todos os outros, com altos e baixos. Mas, o importante foi classificar para o Finals, que é o objetivo desde o início do ano. A gente chega aqui bem, a expectativa é muito boa", diz o tenista brasileiro, que tenta conquistar um título que não vem para o Brasil desde que Guga Kuerten foi campeão em simples em 2000.

Ele e Kubot vão estrear neste domingo, às 15 horas (horário de Brasília), contra o croata Ivan Dodig, ex-parceiro de Melo, e o eslovaco Filip Polasek.

Melo garante que a sequência de três vices consecutivos, em Pequim, Xangai e Viena, não abalou a confiança da dupla. "Acho que faltou um pouco nas finais. Em Viena tivemos uma bela chance, mas não começamos bem o match tie-break. Acho que em Xangai não tivemos tantas chances assim. Mas isso faz parte, isso é o tênis. No ano passado, tivemos dois títulos nesta época do ano, agora tivemos dois vices. São excelentes resultados", afirmou Melo ao Estado.

Melo e Kubot estão no Grupo Jonas Bjorkman. Na primeira fase, terão pela frente Rajeev Ram (EUA)/Joe Salisbury (Inglaterra), Raven Klaasen (África do Sul)/Michael Venus (Nova Zelândia) e Ivan Dodig (Croácia)/Filip Polasek (Eslováquia). Os principais favoritos ao título são os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah, que encabeçam o Grupo Max Mirnyi.

"Estamos muito bem, agora tivemos um bom tempo para dar uma boa descansada antes de iniciar os treinos aqui em Londres. Os jogos só começam no domingo, então estamos nos coordenando muito bem neste período", afirmou Melo.

Ele será o único representante do Brasil na competição, que vai reunir as oito melhores duplas da temporada, porque Bruno Soares não obteve a classificação neste ano. O brasileiro trocou de duplas no meio do ano e passou a formar parceria com o croata Mate Pavic. Assim, não jogaram competições suficientes para somar pontuação para entrar no ATP Finals.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;