Fechar
Publicidade

Domingo, 15 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Santo André retoma programa de combate à obesidade via SUS

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Estimativa da Secretaria da Saúde é a de que 35% da população esteja acima do peso e 2.000 pessoas precisem de cirurgia bariátrica


Yasmin Assagra
Do Diário do Grande ABC

07/11/2019 | 07:00


 A Prefeitura de Santo André apresentou ontem programa para prevenção e cuidados acerca do sobrepeso e obesidade. A administração promete retomar ações, paralisadas desde 2006 na cidade, para auxiliar pacientes nesta situação via SUS (Sistema Único de Saúde). A estimativa da Secretaria da Saúde municipal é a de que 200 mil moradores estejam acima do peso, o correspondente a 35% da população andreense.

Ao todo, serão 30 profissionais destinados ao programa, entre assistentes sociais, psicólogos, nutricionistas e endocrinologistas. Os especialistas já trabalham na rede de saúde pública do município e serão realocados para o projeto. Além disso, o programa também contará com apoio de núcleo específico instalado no ambulatório de especialidade do CHM (Centro Hospitalar Municipal), onde serão feitas cirurgias bariátricas, e suporte dos funcionários das atenções básica e especializada. 

“Antes desta retomada, tínhamos apenas três grupos de profissionais para atender todo território andreense. Hoje, teremos sete, cada um responsável por cinco unidades de saúde. Vamos ampliar a capacidade de atendimento”, considera o diretor da DAS (Diretoria de Atenção à Saúde) municipal, Victor Chiavegato. 

As cirurgias bariátricas também serão retomadas aos pacientes com obesidade acentuada. O secretário de Saúde, Márcio Chaves, destaca que, dos 200 mil moradores com sobrepeso na cidade, 1% – 2.000 pessoas – necessita de cirurgia bariátrica. “Já realizamos força-tarefa para identificar os pacientes que precisam de tratamento. Foram 8.000 consultas seguidas de exames para chegar a esses pacientes que passarão pelo programa”, ressalta. 

Chaves ainda observa que, dentro do protocolo médico, não constará apenas a indicação para cirurgia bariátrica, mas, também, os procedimentos que antecedem a intervenção e que complementam o tratamento. “O protocolo prevê dois anos de cuidados, no mínimo, antes da cirurgia”, comenta. 

Prefeito da cidade, Paulo Serra (PSDB) observa que já existe fila de espera para o tratamento. Segundo ele, são 8.000 pessoas, consideradas prioritárias para o início das consultas. “Obesidade é a segunda causa de morte em todo País e esse programa visa transformar essa realidade, que muitas vezes aparece por meio de uma doença, como, por exemplo, o diabetes”, finaliza. 

INDICAÇÃO

A administração municipal recomenda aos moradores que, caso desejem participar do tratamento, busquem atendimento inicial na unidade básica de saúde mais perto de sua residência.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Santo André retoma programa de combate à obesidade via SUS

Estimativa da Secretaria da Saúde é a de que 35% da população esteja acima do peso e 2.000 pessoas precisem de cirurgia bariátrica

Yasmin Assagra
Do Diário do Grande ABC

07/11/2019 | 07:00


 A Prefeitura de Santo André apresentou ontem programa para prevenção e cuidados acerca do sobrepeso e obesidade. A administração promete retomar ações, paralisadas desde 2006 na cidade, para auxiliar pacientes nesta situação via SUS (Sistema Único de Saúde). A estimativa da Secretaria da Saúde municipal é a de que 200 mil moradores estejam acima do peso, o correspondente a 35% da população andreense.

Ao todo, serão 30 profissionais destinados ao programa, entre assistentes sociais, psicólogos, nutricionistas e endocrinologistas. Os especialistas já trabalham na rede de saúde pública do município e serão realocados para o projeto. Além disso, o programa também contará com apoio de núcleo específico instalado no ambulatório de especialidade do CHM (Centro Hospitalar Municipal), onde serão feitas cirurgias bariátricas, e suporte dos funcionários das atenções básica e especializada. 

“Antes desta retomada, tínhamos apenas três grupos de profissionais para atender todo território andreense. Hoje, teremos sete, cada um responsável por cinco unidades de saúde. Vamos ampliar a capacidade de atendimento”, considera o diretor da DAS (Diretoria de Atenção à Saúde) municipal, Victor Chiavegato. 

As cirurgias bariátricas também serão retomadas aos pacientes com obesidade acentuada. O secretário de Saúde, Márcio Chaves, destaca que, dos 200 mil moradores com sobrepeso na cidade, 1% – 2.000 pessoas – necessita de cirurgia bariátrica. “Já realizamos força-tarefa para identificar os pacientes que precisam de tratamento. Foram 8.000 consultas seguidas de exames para chegar a esses pacientes que passarão pelo programa”, ressalta. 

Chaves ainda observa que, dentro do protocolo médico, não constará apenas a indicação para cirurgia bariátrica, mas, também, os procedimentos que antecedem a intervenção e que complementam o tratamento. “O protocolo prevê dois anos de cuidados, no mínimo, antes da cirurgia”, comenta. 

Prefeito da cidade, Paulo Serra (PSDB) observa que já existe fila de espera para o tratamento. Segundo ele, são 8.000 pessoas, consideradas prioritárias para o início das consultas. “Obesidade é a segunda causa de morte em todo País e esse programa visa transformar essa realidade, que muitas vezes aparece por meio de uma doença, como, por exemplo, o diabetes”, finaliza. 

INDICAÇÃO

A administração municipal recomenda aos moradores que, caso desejem participar do tratamento, busquem atendimento inicial na unidade básica de saúde mais perto de sua residência.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;