Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Delegado registra boletim de ocorrência contra Najila Trindade

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

do Dgabc.com.br

12/06/2019 | 15:26


A Polícia Civil da 6ª Delegacia Seccional de Santo Amaro, na Capital, registrou B.O (Boletim de Ocorrência) contra Najila Trindade Mendes de Souza, 26 anos, – mulher que acusa Neymar por suposto estupro – , por difamar a polícia publicamente em entrevista veiculada em site de notícias.

No registro, o delegado titular José Fernando M. Bessa Junior diz que a declaração de Najila à imprensa fere a honra da Polícia do Estado, como instituição, além de colocar em dúvida a integridade da equipe que realizou exame de perícia em seu apartamento – após Najila dizer que o tablet que continha provas contra o jogador foi roubado – e a investigação constatar que somente digitais dela e de sua ajudante estavam no local.


O delegado diz ainda que tomou ciência da matéria jornalística onde a jovem declara que “a polícia está comprada”, o que, para ele, é caracterizado como crime de difamação.


No boletim de ocorrência Junior pede à Justiça que Inquérito Policial investigue os fatos e que a equipe responsável pela perícia seja ouvida.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Delegado registra boletim de ocorrência contra Najila Trindade

do Dgabc.com.br

12/06/2019 | 15:26


A Polícia Civil da 6ª Delegacia Seccional de Santo Amaro, na Capital, registrou B.O (Boletim de Ocorrência) contra Najila Trindade Mendes de Souza, 26 anos, – mulher que acusa Neymar por suposto estupro – , por difamar a polícia publicamente em entrevista veiculada em site de notícias.

No registro, o delegado titular José Fernando M. Bessa Junior diz que a declaração de Najila à imprensa fere a honra da Polícia do Estado, como instituição, além de colocar em dúvida a integridade da equipe que realizou exame de perícia em seu apartamento – após Najila dizer que o tablet que continha provas contra o jogador foi roubado – e a investigação constatar que somente digitais dela e de sua ajudante estavam no local.


O delegado diz ainda que tomou ciência da matéria jornalística onde a jovem declara que “a polícia está comprada”, o que, para ele, é caracterizado como crime de difamação.


No boletim de ocorrência Junior pede à Justiça que Inquérito Policial investigue os fatos e que a equipe responsável pela perícia seja ouvida.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;