Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Famílias que sofreram com as chuvas podem sacar o FGTS


Da Redação

21/05/2019 | 07:00


 A Prefeitura de Mauá divulgou, na tarde de ontem, que moradores dos bairros Capuava, Jardim Paranavaí, Jardim Zaíra, Vila Santa Cecília e Vila Noêmia atingidos pelas enchentes dos dias 10 e 11 de março – que deixaram dez mortos – já podem sacar valores do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

A cidade é a última da região a liberar o benefício junto à Caixa. São Bernardo foi a primeira a concluir os trâmites, e liberou os saques em 8 de abril. Em Santo André e São Caetano os recursos podem ser acessados desde 9 de abril, e em Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra, desde 15 de abril. Em Diadema, os munícipes afetados podem fazer o resgate desde 23 de abril.

Todas as famílias que estão na relação de impactados pelas enchentes poderão sacar o valor até o dia 12 de junho. Os interessados devem ir até a Caixa mais próxima. O valor a ser liberado é de, no máximo, R$ 6.220, desde que não tenha havido movimentação na conta do FGTS nos últimos 12 meses. As documentações necessárias para o saque são: carteira de trabalho, comprovante de residência e RG e CPF.

Em toda a região, mais de 5.800 famílias foram afetadas pelas enchentes e cadastradas pelas prefeituras.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Famílias que sofreram com as chuvas podem sacar o FGTS

Da Redação

21/05/2019 | 07:00


 A Prefeitura de Mauá divulgou, na tarde de ontem, que moradores dos bairros Capuava, Jardim Paranavaí, Jardim Zaíra, Vila Santa Cecília e Vila Noêmia atingidos pelas enchentes dos dias 10 e 11 de março – que deixaram dez mortos – já podem sacar valores do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

A cidade é a última da região a liberar o benefício junto à Caixa. São Bernardo foi a primeira a concluir os trâmites, e liberou os saques em 8 de abril. Em Santo André e São Caetano os recursos podem ser acessados desde 9 de abril, e em Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra, desde 15 de abril. Em Diadema, os munícipes afetados podem fazer o resgate desde 23 de abril.

Todas as famílias que estão na relação de impactados pelas enchentes poderão sacar o valor até o dia 12 de junho. Os interessados devem ir até a Caixa mais próxima. O valor a ser liberado é de, no máximo, R$ 6.220, desde que não tenha havido movimentação na conta do FGTS nos últimos 12 meses. As documentações necessárias para o saque são: carteira de trabalho, comprovante de residência e RG e CPF.

Em toda a região, mais de 5.800 famílias foram afetadas pelas enchentes e cadastradas pelas prefeituras.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;