Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 19 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Em retorno à seleção após críticas,Fernandinho ganha elogios de Tite

Flickr CBF / Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


17/05/2019 | 12:40


Um dos jogadores mais criticados após a eliminação do Brasil na Copa do Mundo da Rússia, no ano passado, o volante Fernandinho voltou a ser convocado para a seleção brasileira, nesta sexta-feira. O nome do jogador do Manchester City foi uma das surpresas da lista anunciada por Tite para a Copa América, já que Fernandinho não tinha sido mais convocado desde o Mundial - ele próprio havia pedido para ficar um tempo afastado.

Nesta sexta, Tite disse que conversou com o volante, além de enaltecer suas qualidades dentro e fora de campo. "Ele é um cara muito transparente. Sabe da expectativa, da sua responsabilidade, do seu futebol, da condição técnica que ele tem", comentou Tite, que ressaltou também o fato de o jogador estar voltando a defender o seu País. "Como é bom estar na seleção brasileira!"

O preparador físico da seleção, Fabio Mahseredjian, também enalteceu Fernandinho, que acabou de faturar o bicampeonato inglês com o Manchester City. "Ele tem uma liderança no dia a dia. Ele é uma liderança no seu clube também. São várias qualidades num atleta só", considerou.

Além de Fernandinho, Tite chamou Allan e Casemiro para o setor, deixando de fora nomes como Fabinho, do Liverpool, e Renato Augusto, do Beijing Guoan, que eram aventados. "O Fabinho está num grande momento. Foi muito difícil a escolha. Qualquer um dos três estaria bem escolhido. Não tem demérito", alegou o técnico. "O Renato tem uma integridade moral extraordinária, e eu tenho uma admiração grande por ele."

A Copa América será disputada no Brasil entre 14 de junho e 7 de julho. E a seleção entra como uma das favoritas ao título, principalmente em razão da pressão após a campanha abaixo do esperado no Mundial da Rússia.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Em retorno à seleção após críticas,Fernandinho ganha elogios de Tite


17/05/2019 | 12:40


Um dos jogadores mais criticados após a eliminação do Brasil na Copa do Mundo da Rússia, no ano passado, o volante Fernandinho voltou a ser convocado para a seleção brasileira, nesta sexta-feira. O nome do jogador do Manchester City foi uma das surpresas da lista anunciada por Tite para a Copa América, já que Fernandinho não tinha sido mais convocado desde o Mundial - ele próprio havia pedido para ficar um tempo afastado.

Nesta sexta, Tite disse que conversou com o volante, além de enaltecer suas qualidades dentro e fora de campo. "Ele é um cara muito transparente. Sabe da expectativa, da sua responsabilidade, do seu futebol, da condição técnica que ele tem", comentou Tite, que ressaltou também o fato de o jogador estar voltando a defender o seu País. "Como é bom estar na seleção brasileira!"

O preparador físico da seleção, Fabio Mahseredjian, também enalteceu Fernandinho, que acabou de faturar o bicampeonato inglês com o Manchester City. "Ele tem uma liderança no dia a dia. Ele é uma liderança no seu clube também. São várias qualidades num atleta só", considerou.

Além de Fernandinho, Tite chamou Allan e Casemiro para o setor, deixando de fora nomes como Fabinho, do Liverpool, e Renato Augusto, do Beijing Guoan, que eram aventados. "O Fabinho está num grande momento. Foi muito difícil a escolha. Qualquer um dos três estaria bem escolhido. Não tem demérito", alegou o técnico. "O Renato tem uma integridade moral extraordinária, e eu tenho uma admiração grande por ele."

A Copa América será disputada no Brasil entre 14 de junho e 7 de julho. E a seleção entra como uma das favoritas ao título, principalmente em razão da pressão após a campanha abaixo do esperado no Mundial da Rússia.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;