Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 24 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Zé Rafael vê com tristeza a final do Paulista: 'Campeão tinha de ser o Palmeiras'



19/04/2019 | 18:18


O meia Zé Rafael afirmou nesta sexta-feira que superou o pênalti perdido diante do São Paulo, na semifinal do Campeonato Paulista, mas vê com tristeza a decisão entre o Corinthians e o time tricolor e acha que o título deveria ficar com o Palmeiras.

"A gente fica triste (fora da decisão), paramos no detalhe. Tínhamos totais condições de estar disputando esta final. Paciência. Temos de focar nas competições seguintes. O próximo jogo é sempre o mais importante", disse o jogador, em entrevista coletiva. O Palmeiras ainda tem a melhor campanha do Estadual, mesmo fora da final.

Zé Rafael revelou ter recebido apoio por parte da torcida palmeirense, apesar do seu erro na disputa por pênaltis que ocorreu após o confronto de volta da semifinal contra o São Paulo ter terminado em 0 a 0, no Allianz Parque, mesmo placar do duelo de ida, no Morumbi.

"A reação é positiva, de apoio. Ninguém quer errar um pênalti. Grandes jogadores erraram. Acho que a torcida entendeu o meu lado. Sempre busco dar o meu melhor. Ninguém gosta de errar um pênalti naquela situação, mas estou fortalecido. Acho que amadureci", disse o ex-jogador do Bahia, que elogiou o trabalho feito pela comissão técnica durante o período sem jogos.

"Nossa equipe tem trabalhado bastante. Melhorando a parte técnica, tática, física.

Daqui a pouco não vai ter mais este tempo. Esta semana é importante", afirmou o meia, que espera continuar tendo oportunidades na equipe titular. "A expectativa é grande. O elenco é qualificado. Vamos ter muitos jogos durante o ano e o professor Felipão faz rodízio (entre titulares e reservas). Espero ter oportunidade. Todo mundo vai ter oportunidade."

O jogador também falou sobre o duelo com o Melgar na próxima quinta-feira, no Peru, pela Libertadores, válido pela quinta rodada da fase de grupos. "A partir de agora teremos muitos jogos decisivos na Libertadores. Eles jogam a vida deles. Um resultado negativo pode deixá-los fora."

O Palmeiras é o segundo colocado do Grupo F da competição continental, com nove pontos, um a menos que o líder San Lorenzo. O Melgar soma quatro, enquanto o Júnior Barranquilla ainda não pontuou. Visando este duelo em solo peruano, o time alviverde realizou treino fechado na manhã desta sexta-feira na Academia de Futebol.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Zé Rafael vê com tristeza a final do Paulista: 'Campeão tinha de ser o Palmeiras'


19/04/2019 | 18:18


O meia Zé Rafael afirmou nesta sexta-feira que superou o pênalti perdido diante do São Paulo, na semifinal do Campeonato Paulista, mas vê com tristeza a decisão entre o Corinthians e o time tricolor e acha que o título deveria ficar com o Palmeiras.

"A gente fica triste (fora da decisão), paramos no detalhe. Tínhamos totais condições de estar disputando esta final. Paciência. Temos de focar nas competições seguintes. O próximo jogo é sempre o mais importante", disse o jogador, em entrevista coletiva. O Palmeiras ainda tem a melhor campanha do Estadual, mesmo fora da final.

Zé Rafael revelou ter recebido apoio por parte da torcida palmeirense, apesar do seu erro na disputa por pênaltis que ocorreu após o confronto de volta da semifinal contra o São Paulo ter terminado em 0 a 0, no Allianz Parque, mesmo placar do duelo de ida, no Morumbi.

"A reação é positiva, de apoio. Ninguém quer errar um pênalti. Grandes jogadores erraram. Acho que a torcida entendeu o meu lado. Sempre busco dar o meu melhor. Ninguém gosta de errar um pênalti naquela situação, mas estou fortalecido. Acho que amadureci", disse o ex-jogador do Bahia, que elogiou o trabalho feito pela comissão técnica durante o período sem jogos.

"Nossa equipe tem trabalhado bastante. Melhorando a parte técnica, tática, física.

Daqui a pouco não vai ter mais este tempo. Esta semana é importante", afirmou o meia, que espera continuar tendo oportunidades na equipe titular. "A expectativa é grande. O elenco é qualificado. Vamos ter muitos jogos durante o ano e o professor Felipão faz rodízio (entre titulares e reservas). Espero ter oportunidade. Todo mundo vai ter oportunidade."

O jogador também falou sobre o duelo com o Melgar na próxima quinta-feira, no Peru, pela Libertadores, válido pela quinta rodada da fase de grupos. "A partir de agora teremos muitos jogos decisivos na Libertadores. Eles jogam a vida deles. Um resultado negativo pode deixá-los fora."

O Palmeiras é o segundo colocado do Grupo F da competição continental, com nove pontos, um a menos que o líder San Lorenzo. O Melgar soma quatro, enquanto o Júnior Barranquilla ainda não pontuou. Visando este duelo em solo peruano, o time alviverde realizou treino fechado na manhã desta sexta-feira na Academia de Futebol.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;