Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

CEI é rejeitada com tumulto de militantes em Ribeirao


Gilberto Bergamim Jr
Da Redaçao

15/09/2000 | 01:20


Acabou em baixaria a sessao da Câmara em que os vereadores rejeitaram o pedido de abertura de CEI (Comissao Especial de Inquérito) para apurar a denúncia contra o candidato à reeleiçao e prefeito em exercício de Ribeirao Pires, Jair Diniz (PT), sobre suposto recebimento de material (adubo) da Prefeitura em sua residência.

Após a decisao contrária à abertura da Comissao com nove votos favoráveis contra 6 - sao necessários dois terços para a aprovaçao -, as aproximadamente 200 pessoas, que incluíam cabos eleitorais, assessores e militantes do candidato Valdírio Prisco (PMDB), iniciaram um tumulto que resultou em agressoes no plenário.

Durante toda a sessao, que teve início por volta das 10 horas da manha, o presidente da Casa, Saulo Benevides (PSDB), foi interrompido por militantes, que queriam a CEI. O resultado desfavorável à Comissao causou indignaçao de militantes de Valdírio Prisco (PMDB), que soltaram galinhas e despejam um saco com terra e adubo no plenário.

O voto desfavorável à comissao de José Nelson, arrancou gritos de descontentamento da militância pemedebista, já que o liberal declarou apoio ao candidato a prefeito Valdírio Prisco. "Nao devo nada a ninguém, voto contra", respondeu o liberal durante a votaçao.

José Nelson disse que, mesmo apoiando Prisco, nao poderia deixar de lado os quatro anos em que fez parte da bancada de sustentaçao. "Continuo apioando o Prisco, se ele me quiser. Mas nao sou como outros veredores que mudaram de lado na Casa no período eleitoral", afirmou o liberal.

A Polícia Militar chegou com quatro viaturas e cerca de 15 policiais para apartar a confusao. Por volta das 13 horas, após os militantes deixarem a Casa, o presidente Saulo Benevides (PSDB) decidiu retomar os trabalhos para votar os outros dois pedidos de CEI, para apurar supostas irregularidades contra a prefeita licenciada Maria Inês Soares, porém, o vereador de oposiçao José Gadelha, pediu o adiamento, acatado pela maioria (oito votos a sete).



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;