Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 15 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Suspeito de matar dono de escola de futebol em Santo André é preso

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Por meio de mensagens trocadas pelo celular, investigação conseguiu identificar autor do latrocínio


Do Diário OnLine

21/08/2018 | 17:29


Um dos suspeitos de matar o empresário Alexandre Soares Afonso em julho deste ano foi preso na manhã desta terça-feira (21) em Santo André.

Renan da Silva Gomes, conhecido como “Tchusca”, de 18 anos, agiu na companhia de Fernando Cleverson de Sá dos Santos, 22. Os dois utilizavam uma moto roubada para furtar celulares e alianças, tendo furtado duas pessoas no mesmo dia em que abordaram Afonso. A investigação começou mapeando esses outros crimes.

Os policiais rastrearam o celular de uma vítima na comunidade do Cata Preta, onde os rapazes moram. Lá, conseguiram a informação de que “Tchusca” estaria envolvido nos roubos.

No dia 10 de julho, a polícia abordou o suspeito e confiscou o celular pessoal dele, por meio de autorização judicial.

Ao analisar conversas de WhatsApp foi constado que ele era um dos autores do latrocínio que vitimou o empresário, em co-autoria com Santos.

Além dos dois, foram identificados mais três jovens e dois menores de idade que, junto com Gomes e Santos, fazem parte de uma associação criminosa que usa motos para roubos de celulares e alianças. Um dos jovens também foi detido, Kessy Jones de Melo de Sousa, 20 anos. Os dois menores foram interrogados.

A investigação também identificou um comércio no Cata Preta que estava vendendo oito celulares furtados, provável ponto de recepção e repasse dos roubos da quadrilha. Dois comerciantes foram detidos e a mercadoria apreendida.

O caso foi registrado no 1º DP (Centro) de Santo André.

Relembre o caso - Alexandre Soares Afonso, de 43 anos, que era dono de uma escola de futebol, passeava com o cachorro da família por volta das 19h do dia 2 de julho quando foi vítima de assalto à mão armada por dois homens na Rua Dom Silvério Pimenta, na Vila Scarpelli. A dupla tomou o telefone celular do empresário e mesmo sem ele oferecer resistência, Gomes atirou e matou Afonso. (Com informações de Juliana Stern)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;