Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 29 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Lincom lembra 2017 para evitar que vitória suba à cabeça

Celso Luiz/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

No ano passado, depois de derrotar o Timão, Santo André caiu de produção no Estadual


Anderson Fattori

12/02/2018 | 07:00


O Santo André espera usar os erros do passado para ter reta final de Paulistão mais tranquila. Em 2017, depois de vencer o Corinthians, o time caiu de produção e acumulou três derrotas e dois empates, determinantes para deixar o time na parte de baixo da tabela.

Daquele grupo apenas o volante Dudu Vieira e o lateral-esquerdo Paulo são titulares nesta temporada, mas os outros jogadores querem usar o fato como lição para não deixar os 2 a 1 contra o Timão, sexta-feira, subirem à cabeça.

“Poucos jogadores daquele grupo estão presentes, a comissão técnica também é diferente, mas lembro que deu uma caída depois de vencer o Corinthians, acompanhei. Temos de cuidar. Sabemos que depois de uma vitória como essa, (time) tende a entrar em zona de conforto, mas não é isso. Temos coisas para corrigir”, comentou o atacante Lincom, que fez contra o Corinthians o primeiro gol pelo Santo André.

Grandalhão, ele tem algo em comum em todos os clubes por onde passa: por ser o homem de referência e de desafogo do ataque, muitas vezes é criticado pela falta de mobilidade, mas ele disse que já está acostumado a essa situação.

“Todo camisa 9 passa por isso. De repente, se colocar o 11 nas costas parece que tira um pouco o foco. O 9 é sempre o mais cobrado. Meio que me acostumei a isso. Claro que não gosto de cobrança injusta, temos uma função dentro de campo que o torcedor não entende mesmo. Mas, enfim, procuro fazer minha parte”, comentou o atacante, que tem sido menos cobrado no Santo André. “Aqui (a torcida) não tem pegado tanto no pé, foi o segundo jogo em casa e quando sai gol ameniza”, acrescentou.

Além do gol contra o Corinthians, Lincom já havia feito outro, frente ao Ituano, mas foi invalidado por impedimento polêmico de Guilherme Garré no lance. Ele ainda distribuiu duas assistências para os gols de Aloísio, diante do Mirassol, e Hugo Cabral, sobre o São Bento.  



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;