Fechar
Publicidade

Domingo, 24 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Com moral para afastar os fantasmas


Fernando Cappelli
Do Diário do Grande ABC

23/08/2011 | 07:00


Que o São Caetano passa por outro momento turbulento e está cada vez mais desacreditado na Série B do Campeonato Brasileiro não é novidade.

Na 18ª colocação (20 pontos), o time do Grande ABC, obviamente, ainda não se entregou. A sensação de jogar a toalha ainda é precoce, mas o fantasma de permanecer mais um ano na Segundona do Nacional já começa a assombrar, sobretudo, a comissão técnica.

Como de costume no clube, a rotatividade de treinadores é a primeira atitude a ser esperada, ainda mais com números desfavoráveis. O técnico Osvaldo Alvarez, o Vadão, assumiu a equipe em julho e até agora contabiliza duas vitórias, três empates e três derrotas.

Desta vez, no entanto, tudo será diferente. E quem garante isso é a própria diretoria. "Não tem mais essa de dança de técnicos. A filosofia é totalmente diferente agora", disse ontem o presidente Nairo Ferreira de Souza. "Ele (Vadão) continua altamente prestigiado e ficará conosco até o fim do Campeonato Paulista", emendou o mandatário.

Nairo também credita a fase do time a fatores como ‘falta de sorte' e confia em reviravolta. "No último jogo, fizemos o gol do empate contra o Vitória aos 46 minutos do segundo tempo. Isso pode ser bom presságio. O time tem ido bem e está forte. Má fase é coisa do futebol", avaliou.

COM MORAL

Treinador que valoriza os aspectos estratégicos em campo mesmo em divisões de menor porte, Vadão não fez mudanças drásticas na estrutura do time desde a sua contratação.

A principal alteração tática almejada recai no padrão de marcação, que considera a principal defasagem do grupo. Para ele, o ideal seria mais entrega dos 11 titulares, fato que ainda não aconteceu e segue como principal empecilho para a falta de produtividade do elenco.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;