Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Fundação Sto.André promete criar instituto para angariar recursos

Expectativa é que projeto seja efetivado em março; objetivo é retomar prestação de serviços com entidades públicas e privadas


Daniel Macário
Do Diário do Grande ABC

25/02/2017 | 00:00


 Na tentativa de reverter o atual quadro de crise econômica enfrentado pela instituição de ensino desde 2008, a FSA (Fundação Santo André) promete criar até próximo mês um órgão de apoio cujo árduo desafio será o de captar recursos financeiros para a faculdade.

Segundo a reitoria da instituição de ensino, a ideia é que o “Instituto de Apoio à FSA”, nome dado ao projeto, consiga por meio da prestação de serviços, via entidades privadas e públicas da região, angariar recursos financeiros para suprir o rombo mensal de R$ 500 mil que a Fundação Santo André tem acumulado desde o ano passado, conforme noticiado ontem pelo Diário.

“Trata-se de um projeto que temos desenvolvido junto a docentes da instituição. Como a FSA não conta hoje com a CND (Certidão Negativa de Débitos), a nossa proposta é a de que esse instituto consiga retomar as prestações de serviços que nossa comunidade acadêmica desenvolvia anteriormente junto a administrações municipais e empresas privadas, além de buscar novos projetos”, relata o assessor da reitoria Maurício Magro.

A expectativa é que o instituto consiga atender projetos e demandas nas 27 áreas de graduações oferecidas pela Fundação Santo André atualmente. Sem especificar valores para que o projeto saía do papel, Magro antecipa que o órgão de apoio à FSA é, hoje, uma das principais apostas da instituição de ensino para sanar – ou minimizar – as crises econômica e administrativa enfrentadas pela faculdade.

Após perder em um ano cerca de 1.500 alunos, a Fundação Santo André já suspendeu no início deste ano a abertura de três novas turmas nas áreas de Geografia, Matemática e Engenharia Ambiental.

A situação caótica enfrentada pela FSA também tem impactado o pagamento de salários dos funcionários da instituição, estimados hoje em cerca de 500 profissionais diretos, incluindo docentes. Sem recursos em caixa, a reitoria tem optado por fazer depósito de apenas R$ 1.000 no quinto dia útil para, posteriormente, fazer a quitação total dos débitos.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;