Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 9 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Presidente dos bispos italianos recebe envelope com ameaças


Da AFP

29/04/2007 | 19:57


O presidente da conferência episcopal italiana, monsenhor Angelo Bagnasco, recebeu um envelope contendo uma bala e uma foto com uma cruz suástica rabiscada sobre a imagem do religioso, informou neste domingo a imprensa local.

O chefe da Igreja italiana está sob proteção policial desde o início do mês depois que foi descoberta uma inscrição hostil na porta da catedral de Gênova (norte), cidade da qual é arcebispo.

Há semanas a imprensa informa sobre ameaças que criticam Bagnasco nas paredes de igrejas de várias cidades, como Florença, Bolonha e Bérgamo.

Bagnasco, que foi eleito presidente da conferência episcopal em março passado, classificou de perigoso e inaceitável o projeto de lei do governo para reconhecer de fato as uniões homossexuais e heterossexuais.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Presidente dos bispos italianos recebe envelope com ameaças

Da AFP

29/04/2007 | 19:57


O presidente da conferência episcopal italiana, monsenhor Angelo Bagnasco, recebeu um envelope contendo uma bala e uma foto com uma cruz suástica rabiscada sobre a imagem do religioso, informou neste domingo a imprensa local.

O chefe da Igreja italiana está sob proteção policial desde o início do mês depois que foi descoberta uma inscrição hostil na porta da catedral de Gênova (norte), cidade da qual é arcebispo.

Há semanas a imprensa informa sobre ameaças que criticam Bagnasco nas paredes de igrejas de várias cidades, como Florença, Bolonha e Bérgamo.

Bagnasco, que foi eleito presidente da conferência episcopal em março passado, classificou de perigoso e inaceitável o projeto de lei do governo para reconhecer de fato as uniões homossexuais e heterossexuais.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;