Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Multas aplicadas chegam ao número de 74 em 12 meses

Celso Luiz/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Diário flagrou infração na Av. Capitão Mário Toledo de Camargo; motorista discutiu


Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

23/09/2016 | 07:00


Conforme a Prefeitura de Santo André, em um ano de funcionamento da ciclofaixa que liga o Parque do Pedroso à Estação Celso Daniel, 74 infrações de trânsito foram aplicadas na via. Os números, de agosto do ano passado até o último mês, representam uma média de uma multa a cada cinco dias.

Conforme a administração, as infrações mais comuns são estacionar sobre a ciclovia ou transitar na mesma. Porém, esse número pode ser maior que o oficial.

Em apenas 20 minutos, a equipe do Diário flagrou dois veículos (um carro e uma motocicleta) invadindo a via destinada para bicicletas. Em um ponto na Avenida Capitão Mario Toledo de Camargo, próximo ao Estádio Bruno Daniel, um motorista que usava o espaço para dar ré invadiu o espaço. Com a manobra, ele quase prensou um ciclista contra a calçada.

Quando percebeu que imagens da ação ilegal estavam sendo registradas pela equipe, ele desceu do carro e chegou a empurrar o fotógrafo e o cinegrafista da equipe.

Conforme o repórter fotográfico Celso Luiz, quando percebeu os equipamentos, o motorista deu sinal de agressividade. “Quando nós o vimos de dentro do carro, eu comecei a fotografar e ele perguntou se eu tinha autorização. Eu respondi que ele que estava errado e imediatamente ele começou a discutir com a gente.”

O cinegrafista Vinicius Albino Silva disse que ele começou a bater na câmera e a tapar a lente. “Ele disse que a gente estava errado porque tinhamos parado no mesmo lugar que ele. Depois disso ele ficou querendo brigar”, afirmou.

A discussão durou cerca de dez minutos. Uma mulher que estava no banco do passageiro do veículo e o motorista do carro da reportagem precisaram conter o homem, que dirigia um Fiat Estrada, que pertence a José Edilson Barreto. O ciclista, que estava bastante assustado, também pediu calma.

Na mesma via, a equipe também flagrou uma moto, utilizando o espaço como alternativa ao trânsito, na contramão.

Mesmo com a via destinada ao transporte, os ciclistas ainda não se sentem seguros. Os estudantes João Victor Ferreira, 15 anos, e Pedro Henrique Garcia, 15, utilizam a via diariamente para passeio e relataram os riscos. “Quando começa o horário de pico e principalmente à noite ninguém mais respeita aqui.”

Atualmente, passam pela via de dez quilômetros cerca de 700 ciclistas diariamente. Ela é a maior da cidade. A administração apontou que o trecho mais problemático é o da Estrada do Pedroso entre a Avenida Capitão Mário Toledo de Camargo e a Vila Rica.

Para coibir estas ações, o Departamento de Engenharia de Tráfego realiza fiscalização em rota em vários momentos do dia, nos principais corredores. “Caso alguma irregularidade seja flagrada, será autuada e retirada”, disse em nota. Santo André possui no total, 22,18 quilômetros de ciclovias e 7,85 quilômetros de ciclofaixa, que funciona aos domingos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;