Fechar
Publicidade

Domingo, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Cinco escolas fechadas têm Idesp abaixo da meta

Claudinei Plaza/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Principal justificativa do Estado para reorganização é a melhoria da qualidade do ensino


Natália Fernandjes
Do Diário do Grande ABC

31/10/2015 | 07:00


Das seis escolas da região que terão suas atividades encerradas a partir de 2016, cinco estão abaixo da meta estipulada pelo Idesp (Índice de Desenvolvimento da Educação de São Paulo) em 2014 em pelo menos um ciclo de aprendizado. O processo de reorganização imposto pela Secretaria Estadual da Educação afetará a rotina de 1.890 estudantes em três cidades – Santo André, São Bernardo e Ribeirão Pires – que serão transferidos de unidade.

O Idesp existe desde 2007 e atribui nota de zero a 10 às escolas do Estado com base no desempenho do Saresp (Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar) – que mede conhecimentos em Português e Matemática, além de aspectos como frequência e evasão escolar.

As duas unidades de Santo André que fecharão as portas e farão a transferência de alunos atendem o segundo ciclo do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) e Ensino Médio. No caso da EE José Augusto de Azevedo Antunes, o desempenho dos estudantes do 6º ao 9º ano foi 0,65 ponto menor que a meta estipulada e os jovens da última etapa do Ensino Básico obtiveram nota 0,21 ponto abaixo da meta.

Já na EE Valdomiro Silveira, a nota do Fundamental foi 1,73, enquanto a meta era 2,19. No Ensino Médio, o desempenho dos jovens ficou 0,1 ponto acima da meta: foi de 1,84.

Em São Bernardo, a EE Tito Lima, localizada no Estoril, atende 170 alunos da segunda etapa do Fundamental. A meta do Idesp da unidade era 2,17 e a nota obtida pelos estudantes na avaliação foi de 1,75.

Duas unidades de Ribeirão Pires oferecem ensino apenas ao primeiro ciclo do Fundamental (1º ao 5º ano). Apenas a EE Professor Álvaro Trindade de Oliveira não alcançou a meta proposta: 5,40, e apresentou nota 4,14. Os estudantes da EE Fortunato Randolfi Arnoni obtiveram desempenho exatamente igual à meta traçada: 4,96.

Já os resultados da EE Santinho Carnavale, que oferece os três ciclos de ensino, foi o seguinte: nota 1,17 ponto menor do que a meta para a primeira etapa, desempenho 0,07 ponto abaixo do previsto no segundo ciclo e resultado 0,52 ponto mais baixo do que a meta no Ensino Médio.

A principal justificativa para o processo, que vem causando dúvidas e manifestações por parte de professores, pais e alunos desde que foi anunciado, é a de que estudantes de escolas com ciclo único de aprendizado têm aproveitamento melhor. Conforme a Pasta, as notas no Idesp dos alunos do ciclo inicial em unidade de segmento único são 14,8% superiores às demais, nos anos finais são 15,2% melhores e no Ensino Médio, 28,4% mais altas.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;