Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Automóveis

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337

GNV já chegou às competições


Márcia Couto
Da HP Press

18/11/2003 | 20:06


No próximo domingo, o Autódromo de Interlagos, em São Paulo, estará recebendo pela primeira vez uma prova da Copa BR Petrobras Pick-up Racing. Qual a novidade? Além de ser uma competição reservada exclusivamente para picapes médias com motor V6, o combustível utilizado é o GNV.

Esse campeonato já existe há três anos e começou em Curitiba. A Petrobras encontrou nele uma forma de divulgar e incentivar o uso desse tipo de combustível.

Edson Santos, piloto de Santo André, participa da competição desde sua estréia, cujo motor é preparado por Sérgio Serra, também de Santo André.

Essa categoria mostra mais uma vez o pioneirismo do Brasil em desenvolver tecnologias para combustíveis alternativos. Assim como o álcool, usado pela primeira vez nas competições no início dos anos 80, a Copa Pick-up Racing é a única categoria no mundo a usar GNV.

A idéia partiu da associação dos pilotos, que encontrou nesse desafio uma maneira de atrair o patrocínio da Petrobras, que possui interesse no crescimento do uso do GNV.

Como nas primeiras competições com motores a álcool, a falta de experiência com o novo combustível exige pesquisa constante. Com os motores V6 GNV foi a mesma coisa. "A maior dificuldade no começo é conhecer as características do combustível. Assim que se adquire certo know-how a potência começa a aparecer", explica Sérgio. A preparação exige maior taxa de compressão e ajustes no fluxo do coletor de admissão. O cilindro vai preso na caçamba.

Na pista a disputa está acirrada, embora o gaúcho João Campos, atual bicampeão, esteja dominando os resultados. Ele está na frente na classificação geral, trazendo no vácuo o vice do ano passado, Emerson Duda.

A Pick-up Racing utiliza os modelos Ford Ranger, Chevrolet S10 e Dodge Dakota, sendo a única competição envolvendo automóveis multimarcas no Brasil. A competição foi inspirada na Nascar Truck Series, corrida de pick-ups, que faz a preliminar da Nascar, principal atração do automobilismo americano.

A Petrobras, que é a principal patrocinadora da Pick-up Racing, utiliza o evento como campo de testes para o desenvolvimento do Gás Natural Veicular. "Como andamos em regime de rotação sempre elevado, o motor trabalha limpo e responde com precisão ao acelerador", conta Edson.

A intenção da petrolífera e dos fornecedores de equipamentos, como a BRC Kits de Conversão, é levar para as ruas toda a tecnologia de GNV desenvolvida nas pick-ups.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;