Fechar
Publicidade

Domingo, 24 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Diadema quer reativar ciclofaixa

Denis Maciel/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Espaço de lazer que funcionava aos domingos na
Av.Ulysses Guimarães deixou de operar em junho


Fábio Munhoz
Do Diário do Grande ABC

06/03/2015 | 07:00


A Prefeitura de Diadema está tentando retomar o convênio com o governo do Estado para que a ciclofaixa de lazer na Avenida Ulysses Guimarães, na Vila Nogueira, volte a funcionar. O espaço, que operava aos domingos e chegou a receber 5.000 pessoas por dia, deixou de existir em junho, seis meses depois de ser inaugurado.

O secretário municipal de Transportes, José Carlos Gonçalves, garante que as negociações com o Estado para assinatura de outro convênio estão adiantadas e que o acordo deverá ser firmado ainda neste mês. A ciclofaixa da Ulysses Guimarães possuía quatro quilômetros de extensão em cada sentido e demandou investimento de R$ 650 mil. O contrato também previa o empréstimo de 100 bicicletas, além de aulas dadas para iniciantes por professores contratados pela Federação Paulista de Ciclismo.

Gonçalves informa que a Prefeitura também está tentando incluir em um próximo convênio a ciclofaixa de lazer já existente – e ainda em funcionamento – no bairro Campanário, que é de responsabilidade da administração municipal. O espaço tem cerca de 2,5 quilômetros de extensão e passa pelas avenidas Almiro Sena Ramos, Luís Carlos Prestes e Paranapanema.

“Estamos querendo ampliar o traçado para quatro quilômetros e também oferecer o empréstimo de bicicletas, mas a Prefeitura não tem condição de fazer isso sozinha. Se conseguirmos colocar na parceria, o atendimento aos ciclistas certamente será melhor”, reconhece o titular da Pasta.

Apesar de Gonçalves ter demonstrado otimismo em relação à assinatura de outro convênio, a Selj (Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude) não confirma as negociações. “O contrato não continha obrigatoriedade de renovação, portanto, a gestão anterior da Selj preferiu não firmar um novo acordo e levar a experiência para outras cidades do Estado”, informa a Pasta, por meio de nota.

Mesma situação ocorreu no fim do ano passado em Mauá, quando o espaço recreativo para ciclistas na Avenida Barão de Mauá deixou de funcionar após término do contrato com o Estado. A Prefeitura também estuda opções para pedalada no domingo. A implantação custou aproximadamente R$ 500 mil, e o equipamento irritava os motoristas em razão do pouco espaço que sobrava na via para circulação de automóveis.

A secretaria acrescenta que, após o encerramento dos contratos, os municípios têm autonomia para continuar garantindo o funcionamento das ciclofaixas de lazer, desde que utilizem orçamento próprio ou busquem parcerias com outras instituições.

Cor vermelha nos ônibus municipais dará lugar à azul em até seis meses

Os ônibus municipais de Diadema, que hoje são pintados de branco e vermelho, passarão a receber as cores branca e azul. A previsão do secretário de Transportes, José Carlos Gonçalves, é que todos os 187 coletivos recebam o novo visual em até seis meses. A Prefeitura não terá custos, pois o investimento será feito pelas concessionárias Benfica e Mobibrasil. A justificativa é que as novas cores representam a bandeira da cidade.

Curiosamente, vermelho é a cor do PT, partido do ex-prefeito Mário Reali, que governou o município até 2012. O atual mandatário, Lauro Michels, é do PV, mas esteve no PSDB até 2011 e mantém bom relacionamento com os tucanos. “Seria questão partidária se estivesse pintando de verde”, garante Gonçalves. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;