Setecidades

Cobertura vacinal contra a gripe não chega a 30% na região




Continua baixa a cobertura vacinal contra a Influenza (gripe) no Grande ABC. Desde o dia 12 de abril, crianças entre 6 meses e 6 anos, gestantes, puérperas, profissionais de saúde, pessoas com 60 anos ou mais e professores das redes pública e privada podem se vacinar em qualquer UBS (Unidade Básica de Saúde) da região. Das 805 mil pessoas que compõem os grupos prioritários, apenas 213,5 mil, ou 26,2%, já haviam se vacinado até o dia 20 de maio – veja dados por cidade na tabela.

A presidente da comissão de imunologia e imunização do CRBM1 (Conselho Regional de Biomedicina 1° Região), Alessandra Oliveira Salloum, explicou que a vacina contra a Influenza deve ser reforçada todo ano, porque ela é atualizada para combater novas cepas. “Neste momento, especialmente, as pessoas devem se imunizar para evitar a doença e principalmente não terem a necessidade de atendimento médico, já que as redes de saúde estão focadas nos casos de Covid-19”, explicou.

A menor cobertura está entre os idosos. Alessandra lembrou que as pessoas que podem tomar as duas vacinas – contra Covid e contra a gripe – devem dar intervalo de 14 dias entre as doses. Se houver interesse em intercalar o cronograma, como o imunizante contra o novo coronavírus é aplicado em duas doses, é possível receber a primeira, aguardar 14 dias para receber a da gripe, e depois esperar mais 14 dias para tomar a segunda dose contra a Covid.

Entre as cidades, apenas em São Caetano é preciso fazer o cadastro por meio do site https://www.saocaetanodosul.sp.gov.br/post/agende-aqui-vacina-de-gripe-influenza. Nas demais, basta se dirigir a uma das UBSs. Para intensificar a participação das pessoas, a região promove no sábado, 29 de maio, o Dia D de Vacinação Contra a Gripe.

As UBSs de Santo André, São Bernardo, Ribeirão Pires e Rio Grande vão vacinar das 8h às 17h. Em São Caetano, a vacinação será na Garagem Municipal (Av.Presidente Kennedy, 2.100), Centro de Especialidades Médicas (Rua Heloisa Pamplona, 269) e Centro Policlínico Gentil Rstom, Av. Tietê, 301), também das 8h às 17h. Diadema abre as UBSs das 8h30 às 16h. Mauá ainda não definiu o horário de atendimento.

É preciso levar documento com foto, cartão do SUS (Sistema Único de Saúde) e carteira de vacinação, se houver. A campanha continua até junho.

Comentários


Veja Também



Voltar