Setecidades

PM faz ação com foco em crimes patrimoniais


O CPA/M-6 (Comando de Policiamento de Área Metropolitana) iniciou ontem a Operação de Força Tática com objetivo de bloquear elevação dos crimes em pontos estratégicos do Grande ABC. A ação contou com pelo menos 20 viaturas de Força Tática e 16 Rocam (Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas) e começou por Santo André, como o Núcleo Sorocaba. A operação percorrerá outros locais hoje.

A ação foi planejada após análise de estatísticas que indicava possível aumento nos crimes patrimoniais, em pontos previamente analisados pelos policiais. Além de garantir a redução dos indicadores, o intuito da operação também é aumentar a presença ostensiva da PM (Polícia Militar) para melhorar a percepção de segurança das pessoas.

Segundo o comandante do CPA/M6 – responsável pelo Grande ABC –, coronel Renato Nery Machado, a operação seguirá nos pontos com tendência de alta dos crimes, onde será intensificado o policiamento. Nery explica que os pontos mapeados seguem as estatísticas apontadas nos anos anteriores e, apesar da redução dos crimes, possuem histórico de ocorrências. “A operação reforça que não queremos que esse cenário saia do controle, aproveitando essa tendência de queda criminal na região”, lembra coronel.

Essa tendência que Nery observa são os indicadores divulgados mensalmente pela SSP (Secretaria da Segurança Pública) do Estado de São Paulo. Conforme publicado pelo Diário, o mês de julho registrou queda em todos os índices criminais, com destaque para o número de homicídio culposo (quando há intenção de matar), cuja incidência foi de 17 ocorrências para oito (-52,94%). Já o roubo e furto em geral caíram 30,63% e 34,87%, respectivamente, em comparação a julho de 2019. Já a quantidade de roubo de veículos reduziu 49,45% e a de furto de veículos caiu 40,97%. 

Comentários


Veja Também


Voltar