Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Lula: 'universidade não ensinaria o que aprendi com derrotas'


Carolina Godoy
Do Diário OnLine

07/09/2002 | 00:34


O candidato do PT à Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva, voltou a rebater as críticas dos adversários de que não tem experiência para governar um país e afirmou que "nenhuma universidade ensinaria para um ser humano" o que aprendeu nas três derrotas que sofreu nas últimas eleições presidenciais.

Segundo ele, o PT "é o partido que melhor se preparou para mudar o destino do Brasil" e que possui "o melhor exemplo de execução de políticas públicas". "O Orçamento Participativo, uma das medidas políticas mais moralizadoras, foi implantada por nós", citou Lula, que nesta sexta-feira participou do programa 'Vote Certo, Eleições 2002', da Rede TV.

Questionado sobre quem escolheria para presidente caso não estivesse na disputa, ele afirmou que não poderia dizer porque, no dia seguinte, os jornais estampariam a manchete: "Lula diz que votaria em fulano". Ele garantiu que é amigo dos três principais candidatos, mas que "temporariamente" estão na condição de adversários. "Mas pode ser que em algum momento nós estejamos juntos. Todos eles já disseram que votaram em mim alguma vez", acrescentou.

Lula também falou sobre o debate de 1989, no qual o então presidenciável Fernando Collor de Mello foi beneficiado pela edição de imagens. "Não tenho mais espaço nesse meu velho coração para guardar mágoas ou ressentimentos de ninguém", disse, referindo-se ao editor Alberico Souza Cruz. "Mas Deus escreve certo por linhas tortas. Quem sabe Ele não queria que eu ganhasse aquelas eleições", lamentou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Lula: 'universidade não ensinaria o que aprendi com derrotas'

Carolina Godoy
Do Diário OnLine

07/09/2002 | 00:34


O candidato do PT à Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva, voltou a rebater as críticas dos adversários de que não tem experiência para governar um país e afirmou que "nenhuma universidade ensinaria para um ser humano" o que aprendeu nas três derrotas que sofreu nas últimas eleições presidenciais.

Segundo ele, o PT "é o partido que melhor se preparou para mudar o destino do Brasil" e que possui "o melhor exemplo de execução de políticas públicas". "O Orçamento Participativo, uma das medidas políticas mais moralizadoras, foi implantada por nós", citou Lula, que nesta sexta-feira participou do programa 'Vote Certo, Eleições 2002', da Rede TV.

Questionado sobre quem escolheria para presidente caso não estivesse na disputa, ele afirmou que não poderia dizer porque, no dia seguinte, os jornais estampariam a manchete: "Lula diz que votaria em fulano". Ele garantiu que é amigo dos três principais candidatos, mas que "temporariamente" estão na condição de adversários. "Mas pode ser que em algum momento nós estejamos juntos. Todos eles já disseram que votaram em mim alguma vez", acrescentou.

Lula também falou sobre o debate de 1989, no qual o então presidenciável Fernando Collor de Mello foi beneficiado pela edição de imagens. "Não tenho mais espaço nesse meu velho coração para guardar mágoas ou ressentimentos de ninguém", disse, referindo-se ao editor Alberico Souza Cruz. "Mas Deus escreve certo por linhas tortas. Quem sabe Ele não queria que eu ganhasse aquelas eleições", lamentou.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;