Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 29 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Região envia 60 jovens para encontro com o papa

Arquivo pessoal  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Representantes da Diocese de Santo André participarão da 32ª Jornada Mundial da Juventude


Natália Fernandjes
Do Diário do Grande ABC

19/01/2019 | 07:00


Grupo de 60 jovens do Grande ABC embarca hoje para a Cidade do Panamá, na capital panamenha, um dos destinos mais procurados para o turismo, onde passará uma semana. O foco da viagem, entretanto, não são as belas paisagens, gastronomia rica ou os famosos cassinos, mas encontro com o papa Francisco, líder da Igreja Católica. Os representantes da Diocese de Santo André, responsável pela região, participarão, entre os dias 22 e 27, da 32ª JMJ (Jornada Mundial da Juventude), evento religioso que reúne, tradicionalmente, milhares de pessoas.

A Jornada Mundial da Juventude existe há 66 anos – foi instituída pelo papa João Paulo II – como forma de propagar os ensinamentos de Jesus Cristo. Para aqueles que participam do evento, a sensação é de realização de sonho, que custa de R$ 7.000 a R$ 13 mil por pessoa – pacote com alimentação, transporte, hospedagem em alojamento e seguro de vida. “(A JMJ) Mostra que a Igreja Católica tem jovens e que estamos cheios do amor de Deus. Na minha vida cristã, mostra também que, com foco, fé e determinação, conseguimos ir longe, além dos nossos sonhos, sempre colocando Deus à frente de tudo”, considera a nuricionista Tatiane Aparecida Salis de Sousa, 30. Ela viaja hoje, na companhia da irmã, a estudante de biomedicina Tais Luiza Salis Sousa, 23, para a experiência.

Representantes da Paróquia Imaculada Conceição, conhecida como Matriz de Diadema, no Centro da cidade, as irmãs destacam que o custeio da viagem é resultado de anos de esforço. “Sempre pedi a Deus que colocasse um emprego na minha vida para que pudesse custear a ida à JMJ. Depois de um tempo desempregada, consegui recolocação no mercado de trabalho e conciliar minhas férias. Minha irmã ganhou a ida da minha mãe e juntou dinheiro do trabalho como consultora da Avon”, destaca Tatiane.

Esta será a primeira oportunidade de as irmãs participarem da JMJ integralmente. Isso porque em 2013, durante o evento no Brasil, no Rio de Janeiro, elas conseguiram acompanhar apenas vigília com o papa Francisco, na Praia de Copacabana. “Estamos ansiosas para viver de perto as catequeses, os encontros com os outros jovens, as trocas de experiências. A comunidade ganha muito quando um jovem sai em peregrinação. Ele volta renovado, determinado a dedicar-se à vida cristã”, revela Tatiane, que espera ainda ter tempo de turistar pelas ilhas paradisíacas de San Blas, o ‘Caribe do Panamá’. “Estou ansiosa por conhecer a cultura, as danças e, como nutricionista, a gastronomia”, acrescenta.

O tema da JMJ é Eis Aqui a Serva do Senhor. Faça-se em Mim Segundo a Tua Palavra (Lc.1,38). Para Tatiane, a mensagem do encontro é “praticar a fé” e levar a palavra de Deus adiante, apesar de todas as dificuldades. Segundo a jovem, a fé é o que a mantém de pé diante dos obstáculos. “Quem não tem a quem recorrer cai na primeira provação e dificilmente se levanta”, conclui. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Região envia 60 jovens para encontro com o papa

Representantes da Diocese de Santo André participarão da 32ª Jornada Mundial da Juventude

Natália Fernandjes
Do Diário do Grande ABC

19/01/2019 | 07:00


Grupo de 60 jovens do Grande ABC embarca hoje para a Cidade do Panamá, na capital panamenha, um dos destinos mais procurados para o turismo, onde passará uma semana. O foco da viagem, entretanto, não são as belas paisagens, gastronomia rica ou os famosos cassinos, mas encontro com o papa Francisco, líder da Igreja Católica. Os representantes da Diocese de Santo André, responsável pela região, participarão, entre os dias 22 e 27, da 32ª JMJ (Jornada Mundial da Juventude), evento religioso que reúne, tradicionalmente, milhares de pessoas.

A Jornada Mundial da Juventude existe há 66 anos – foi instituída pelo papa João Paulo II – como forma de propagar os ensinamentos de Jesus Cristo. Para aqueles que participam do evento, a sensação é de realização de sonho, que custa de R$ 7.000 a R$ 13 mil por pessoa – pacote com alimentação, transporte, hospedagem em alojamento e seguro de vida. “(A JMJ) Mostra que a Igreja Católica tem jovens e que estamos cheios do amor de Deus. Na minha vida cristã, mostra também que, com foco, fé e determinação, conseguimos ir longe, além dos nossos sonhos, sempre colocando Deus à frente de tudo”, considera a nuricionista Tatiane Aparecida Salis de Sousa, 30. Ela viaja hoje, na companhia da irmã, a estudante de biomedicina Tais Luiza Salis Sousa, 23, para a experiência.

Representantes da Paróquia Imaculada Conceição, conhecida como Matriz de Diadema, no Centro da cidade, as irmãs destacam que o custeio da viagem é resultado de anos de esforço. “Sempre pedi a Deus que colocasse um emprego na minha vida para que pudesse custear a ida à JMJ. Depois de um tempo desempregada, consegui recolocação no mercado de trabalho e conciliar minhas férias. Minha irmã ganhou a ida da minha mãe e juntou dinheiro do trabalho como consultora da Avon”, destaca Tatiane.

Esta será a primeira oportunidade de as irmãs participarem da JMJ integralmente. Isso porque em 2013, durante o evento no Brasil, no Rio de Janeiro, elas conseguiram acompanhar apenas vigília com o papa Francisco, na Praia de Copacabana. “Estamos ansiosas para viver de perto as catequeses, os encontros com os outros jovens, as trocas de experiências. A comunidade ganha muito quando um jovem sai em peregrinação. Ele volta renovado, determinado a dedicar-se à vida cristã”, revela Tatiane, que espera ainda ter tempo de turistar pelas ilhas paradisíacas de San Blas, o ‘Caribe do Panamá’. “Estou ansiosa por conhecer a cultura, as danças e, como nutricionista, a gastronomia”, acrescenta.

O tema da JMJ é Eis Aqui a Serva do Senhor. Faça-se em Mim Segundo a Tua Palavra (Lc.1,38). Para Tatiane, a mensagem do encontro é “praticar a fé” e levar a palavra de Deus adiante, apesar de todas as dificuldades. Segundo a jovem, a fé é o que a mantém de pé diante dos obstáculos. “Quem não tem a quem recorrer cai na primeira provação e dificilmente se levanta”, conclui. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;