Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 7 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Som e tensão

Em disco de estreia, AVA faz passeio por ritmos e tons


Vinícius Castelli
Do Diário do Grande ABC

17/12/2011 | 07:00


O som é orgânico. A sonoridade atípica. Destrinchar 'Diurno' (Warner, R$ 30 em média), álbum de estreia do grupo AVA, promove ao ouvinte viagem cheia de surpresas.´

A banda carioca é formada por Ava Rocha (voz) - filha de Glauber Rocha -, Emiliano 7 (violão e efeitos), Daniel Castanheira (bateria, percussões e efeitos eletrônicos) e Nana Carneiro da Cunha (vocais e violoncelo).

Já há nove anos perambulando pelo mundo da música, o conjunto absorveu inspiração suficiente para preparar disco interessante. As composições se dividem entre autorais e releituras - como 'Movimento dos Barcos', de Jards Macalé e Capinam - e trazem mistura de MPB com clima tenso.

Os arranjos delicados e contemporâneos se misturam à voz grave de Ava Rocha e a arranjos de acordeão e piano. O resultado de canções como ''O Futuro' é inesperado e, aos que não estão abertos a novas experiências musicais, pode ser até difícil de entender no primeiro instante.
'Diurno' tem momentos belos, de calmaria, como 'Infinito Azul', um dos destaques. No cartão de visita, AVA é ousado e desbrava sem medo sonoridades e andamentos pouco explorados. Vale o passeio.  

Resumo:  
Batendo no Mundo -
Ácida e psicodélica, foi baseada no livro 'Água Viva', de Clarice Lispector.
Acorda Amor - Melancólica, é cheia de ruídos e tem letra quase falada. Uma das melhores experiências do disco.
Filha da Ira - Em tom de balada, a canção margeada por violão é momento delicado.
Fanfarra - Copos e louças batendo, pássaros, trombone, água e nada mais.
Doce Explosão - Uma das mais ricas em arranjos no disco.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Som e tensão

Em disco de estreia, AVA faz passeio por ritmos e tons

Vinícius Castelli
Do Diário do Grande ABC

17/12/2011 | 07:00


O som é orgânico. A sonoridade atípica. Destrinchar 'Diurno' (Warner, R$ 30 em média), álbum de estreia do grupo AVA, promove ao ouvinte viagem cheia de surpresas.´

A banda carioca é formada por Ava Rocha (voz) - filha de Glauber Rocha -, Emiliano 7 (violão e efeitos), Daniel Castanheira (bateria, percussões e efeitos eletrônicos) e Nana Carneiro da Cunha (vocais e violoncelo).

Já há nove anos perambulando pelo mundo da música, o conjunto absorveu inspiração suficiente para preparar disco interessante. As composições se dividem entre autorais e releituras - como 'Movimento dos Barcos', de Jards Macalé e Capinam - e trazem mistura de MPB com clima tenso.

Os arranjos delicados e contemporâneos se misturam à voz grave de Ava Rocha e a arranjos de acordeão e piano. O resultado de canções como ''O Futuro' é inesperado e, aos que não estão abertos a novas experiências musicais, pode ser até difícil de entender no primeiro instante.
'Diurno' tem momentos belos, de calmaria, como 'Infinito Azul', um dos destaques. No cartão de visita, AVA é ousado e desbrava sem medo sonoridades e andamentos pouco explorados. Vale o passeio.  

Resumo:  
Batendo no Mundo -
Ácida e psicodélica, foi baseada no livro 'Água Viva', de Clarice Lispector.
Acorda Amor - Melancólica, é cheia de ruídos e tem letra quase falada. Uma das melhores experiências do disco.
Filha da Ira - Em tom de balada, a canção margeada por violão é momento delicado.
Fanfarra - Copos e louças batendo, pássaros, trombone, água e nada mais.
Doce Explosão - Uma das mais ricas em arranjos no disco.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;