Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 1 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Secretária do 'Rio Contra o Crime' é assassinada


Do Diário do Grande ABC

13/09/1999 | 23:05


Rosemery Dias de Abreu, 29 anos, secretária do presidente da Associaçao Rio Contra o Crime, Octávio Gomes, foi assassinada por dois homens, na noite de domingo, com seis tiros na cabeça. O crime ocorreu por volta das 23h, dentro da casa de Rosemery, no bairro de Porto Novo, em Sao Gonçalo (Regiao Metropolitana). Segundo Octávio, a hipótese mais provável, e defendida também pela família de Rosemery, é de que o crime tenha encomendado pelo ex-marido de uma amiga de Rosemery, a quem ela estava ajudando na separaçao. Ele descartou a possibilidade de o crime ser uma retaliaçao contra a associaçao, que atua no combate ao crime e é responsável pelo serviço do Disque-Denúncia (253-1177).

Os assassinos bateram na porta da casa com um buquê de flores para Rosemery e foram atendidos pela mae e o irmao da vítima, que tentaram impedir a entrada dos estranhos. Acordada pelo barulho, Rosemery foi ver o que acontecia. Os assassinos empurraram sua mae e seu irmao e entraram disparando.

Octávio Gomes contou que Rosemery levou a amiga ao seu escritório, o Gomes e Nunes Advogados Associados, onde ela trabalhava há 8 anos como secretária, para que ele cuidasse da açao de separaçao e da pensao. "Desde entao, Rosemery estava se sentindo ameaçada e reclamava com os colegas do escritório", afirmou. Segundo Octávio, além de nao gostar do envolvimento de Rosemery na separaçao, o ex-marido também estaria contrariado com o fato desta estar se tornando sócia da amiga num mercadinho de Sao Gonçalo, propriedade que estava em litígio desde a separaçao.

Octávio contou também que chegou a ser ameaçado pelo ex-marido de sua cliente no dia 20 de maio, quando esteve no Fórum de Sao Gonçalo para a açao de divórcio. Octávio disse que seu motorista chegou a ver quando o homem anotou a placa de seu carro, na saída do Fórum. O advogado fez a ameaça constar dos autos do processo. As investigaçoes serao do delegado Usias Vasconcelos, da 73ª DP (Sao Gonçalo). O secretário estadual de Segurança, Josias Quintal, designou o delegado Alvaro Lins, diretor de planejamento da Secretaria de Segurança, para acompanhar as investigaçoes que contarao também com a participaçao do promotor José Augusto Guimaraes. A Associaçao Rio Contra o Crime dará R$ 2 mil de recompensa a quem der informaçoes sobre os criminosos no Disque-Denúncia.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Secretária do 'Rio Contra o Crime' é assassinada

Do Diário do Grande ABC

13/09/1999 | 23:05


Rosemery Dias de Abreu, 29 anos, secretária do presidente da Associaçao Rio Contra o Crime, Octávio Gomes, foi assassinada por dois homens, na noite de domingo, com seis tiros na cabeça. O crime ocorreu por volta das 23h, dentro da casa de Rosemery, no bairro de Porto Novo, em Sao Gonçalo (Regiao Metropolitana). Segundo Octávio, a hipótese mais provável, e defendida também pela família de Rosemery, é de que o crime tenha encomendado pelo ex-marido de uma amiga de Rosemery, a quem ela estava ajudando na separaçao. Ele descartou a possibilidade de o crime ser uma retaliaçao contra a associaçao, que atua no combate ao crime e é responsável pelo serviço do Disque-Denúncia (253-1177).

Os assassinos bateram na porta da casa com um buquê de flores para Rosemery e foram atendidos pela mae e o irmao da vítima, que tentaram impedir a entrada dos estranhos. Acordada pelo barulho, Rosemery foi ver o que acontecia. Os assassinos empurraram sua mae e seu irmao e entraram disparando.

Octávio Gomes contou que Rosemery levou a amiga ao seu escritório, o Gomes e Nunes Advogados Associados, onde ela trabalhava há 8 anos como secretária, para que ele cuidasse da açao de separaçao e da pensao. "Desde entao, Rosemery estava se sentindo ameaçada e reclamava com os colegas do escritório", afirmou. Segundo Octávio, além de nao gostar do envolvimento de Rosemery na separaçao, o ex-marido também estaria contrariado com o fato desta estar se tornando sócia da amiga num mercadinho de Sao Gonçalo, propriedade que estava em litígio desde a separaçao.

Octávio contou também que chegou a ser ameaçado pelo ex-marido de sua cliente no dia 20 de maio, quando esteve no Fórum de Sao Gonçalo para a açao de divórcio. Octávio disse que seu motorista chegou a ver quando o homem anotou a placa de seu carro, na saída do Fórum. O advogado fez a ameaça constar dos autos do processo. As investigaçoes serao do delegado Usias Vasconcelos, da 73ª DP (Sao Gonçalo). O secretário estadual de Segurança, Josias Quintal, designou o delegado Alvaro Lins, diretor de planejamento da Secretaria de Segurança, para acompanhar as investigaçoes que contarao também com a participaçao do promotor José Augusto Guimaraes. A Associaçao Rio Contra o Crime dará R$ 2 mil de recompensa a quem der informaçoes sobre os criminosos no Disque-Denúncia.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;