Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 31 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Começa a reunião da AIEA sobre o polêmico programa nuclear do Irã


Da AFP

06/03/2006 | 08:50


O Conselho de Ministros da AIEA (Agência Internacional de Energia Atômica) iniciou nesta segunda-feira em Viena uma reunião que pode resultar na adoção de medidas do Conselho de Segurança das Nações Unidas contra o Irã por suas atividades nucleares.

No entanto, o diretor da AIEA, Mohamed ElBaradei, informou aos 35 países membros do Executivo da agência que um acordo ainda é possível no decorrer da semana a respeito do programa de pesquisas iraniano sobre o enriquecimento de urânio.

"O ponto de fricção continua sendo a questão das centrifugadoras para a pesquisa e desenvolvimento. Espero que, em um prazo de uma semana, se possa chegar a um acordo", declarou.

ElBaradei destacou em um relatório divulgado na semana passada que o Irã retomou o enriquecimento de urânio em pequena escala em Natanz, apesar da resolução do Conselho de Ministros de 4 de fevereiro exigir uma suspensão total das atividades de enriquecimento. A AIEA informou o Conselho de Segurança da ONU sobre o caso iraniano.

O diretor da AIEA destacou que o dossiê iraniano será abordado em Viena na tarde de terça-feira ou manhã de quarta-feira.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Começa a reunião da AIEA sobre o polêmico programa nuclear do Irã

Da AFP

06/03/2006 | 08:50


O Conselho de Ministros da AIEA (Agência Internacional de Energia Atômica) iniciou nesta segunda-feira em Viena uma reunião que pode resultar na adoção de medidas do Conselho de Segurança das Nações Unidas contra o Irã por suas atividades nucleares.

No entanto, o diretor da AIEA, Mohamed ElBaradei, informou aos 35 países membros do Executivo da agência que um acordo ainda é possível no decorrer da semana a respeito do programa de pesquisas iraniano sobre o enriquecimento de urânio.

"O ponto de fricção continua sendo a questão das centrifugadoras para a pesquisa e desenvolvimento. Espero que, em um prazo de uma semana, se possa chegar a um acordo", declarou.

ElBaradei destacou em um relatório divulgado na semana passada que o Irã retomou o enriquecimento de urânio em pequena escala em Natanz, apesar da resolução do Conselho de Ministros de 4 de fevereiro exigir uma suspensão total das atividades de enriquecimento. A AIEA informou o Conselho de Segurança da ONU sobre o caso iraniano.

O diretor da AIEA destacou que o dossiê iraniano será abordado em Viena na tarde de terça-feira ou manhã de quarta-feira.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;