Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 19 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Diplomata do papa prega serviço

Celso Luiz/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Última visita de um representante do pontífice à região ocorreu em 1996; dom Giovanni D’Amiello ressalta papel da Igreja de espalhar a boa-nova


Natália Fernandjes
Do Diário do Grande ABC

11/11/2014 | 07:00


Em visita à Diocese de Santo André, o núncio apostólico no Brasil, dom Giovanni D’Amiello, ressaltou o papel da Igreja Católica na tarefa de levar a boa-nova e se colocar a serviço da comunidade, especialmente daquelas pessoas que mais precisam. A humildade e preocupação com o próximo têm sido bandeiras levantadas pelo papa Francisco.

O representante diplomático da Santa Sé aproveitou sua estadia na cidade, entre domingo e hoje, para conhecer os trabalhos desempenhados pela Diocese. Ele se encontrou com formadores e seminaristas e com o clero, conheceu trabalhos sociais e participou de duas celebrações, sendo a última realizada na noite de ontem, na Catedral do Carmo.

“Essa visita não tem nenhum motivo em especial. É uma forma de o representante do papa testemunhar os ensinamentos da Igreja, uma oportunidade de conhecer de perto o trabalho local e mostrar que, embora distante, o papa está sempre perto dos bispos”, observa D’Amiello.

Segundo o núncio apostólico no Brasil, embora ainda considerada jovem – tem 60 anos –, a Diocese de Santo André está em boa forma e “bem-intencionada em desempenhar seu papel de testemunho”. “A Igreja quer ser testemunha da missão especial recebida por Cristo, que é levar a boa-nova, colocando-se sempre a serviço especialmente daqueles que mais precisam”, ressalta.

De acordo com o bispo dom Nelson Westrupp, a visita do núncio apostólico deveria ter sido realizada em julho, na época da comemoração do jubileu de diamante da Diocese, no entanto, a agenda do representante do papa determinou o adiamento do encontro. “Esse relacionamento com as dioceses do País é importante e é uma graça, um privilégio recebê-lo porque o papa Francisco está aqui na presença dele”, considera.

Dom Giovanni D’Amiello foi nomeado núncio pelo papa Bento 16 em 2012 em substituição a dom Lorenzo Baldisseri. Até então, o religioso desempenhava a mesma função na Tailândia e em Camboja, além de ser delegado apostólico em Laos e em Mianmar. O objetivo da atividade diplomática do religioso é zelar pelos valores éticos defendidos pela Santa Sé, como a paz, a justiça, a liberdade, em especial a religiosa e de consciência, e os direitos humanos.

A última visita do representante do papa à região ocorreu em 1996 e na ocasião o cargo era ocupado por dom Alfio Rapisarda. Na época, o atual núncio apostólico acompanhou a visita. “Esperamos que não demore 18 anos para voltar aqui”, brincou D’Amiello. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diplomata do papa prega serviço

Última visita de um representante do pontífice à região ocorreu em 1996; dom Giovanni D’Amiello ressalta papel da Igreja de espalhar a boa-nova

Natália Fernandjes
Do Diário do Grande ABC

11/11/2014 | 07:00


Em visita à Diocese de Santo André, o núncio apostólico no Brasil, dom Giovanni D’Amiello, ressaltou o papel da Igreja Católica na tarefa de levar a boa-nova e se colocar a serviço da comunidade, especialmente daquelas pessoas que mais precisam. A humildade e preocupação com o próximo têm sido bandeiras levantadas pelo papa Francisco.

O representante diplomático da Santa Sé aproveitou sua estadia na cidade, entre domingo e hoje, para conhecer os trabalhos desempenhados pela Diocese. Ele se encontrou com formadores e seminaristas e com o clero, conheceu trabalhos sociais e participou de duas celebrações, sendo a última realizada na noite de ontem, na Catedral do Carmo.

“Essa visita não tem nenhum motivo em especial. É uma forma de o representante do papa testemunhar os ensinamentos da Igreja, uma oportunidade de conhecer de perto o trabalho local e mostrar que, embora distante, o papa está sempre perto dos bispos”, observa D’Amiello.

Segundo o núncio apostólico no Brasil, embora ainda considerada jovem – tem 60 anos –, a Diocese de Santo André está em boa forma e “bem-intencionada em desempenhar seu papel de testemunho”. “A Igreja quer ser testemunha da missão especial recebida por Cristo, que é levar a boa-nova, colocando-se sempre a serviço especialmente daqueles que mais precisam”, ressalta.

De acordo com o bispo dom Nelson Westrupp, a visita do núncio apostólico deveria ter sido realizada em julho, na época da comemoração do jubileu de diamante da Diocese, no entanto, a agenda do representante do papa determinou o adiamento do encontro. “Esse relacionamento com as dioceses do País é importante e é uma graça, um privilégio recebê-lo porque o papa Francisco está aqui na presença dele”, considera.

Dom Giovanni D’Amiello foi nomeado núncio pelo papa Bento 16 em 2012 em substituição a dom Lorenzo Baldisseri. Até então, o religioso desempenhava a mesma função na Tailândia e em Camboja, além de ser delegado apostólico em Laos e em Mianmar. O objetivo da atividade diplomática do religioso é zelar pelos valores éticos defendidos pela Santa Sé, como a paz, a justiça, a liberdade, em especial a religiosa e de consciência, e os direitos humanos.

A última visita do representante do papa à região ocorreu em 1996 e na ocasião o cargo era ocupado por dom Alfio Rapisarda. Na época, o atual núncio apostólico acompanhou a visita. “Esperamos que não demore 18 anos para voltar aqui”, brincou D’Amiello. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;