Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 19 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Mãe diz que mestre-de-obras não é Carlinhos



13/02/2004 | 00:25


A dona de casa Maria Izabel de Souza, 53 anos, entrou em cena, muito abalada, para afirmar que o mestre-de-obras Carlos Alberto de Souza – suspeito de ser Carlinhos Ramires, que foi seqüestrado há 30 anos no Rio – é seu filho.

Para mostrar que fala a verdade, exibiu a certidão de nascimento emitida pelo Cartório do 2º subdistrito de Bauru, Vila Falcão, onde consta que Carlos Alberto foi registrado no dia 12 de outubro de 1965 e teria nascido às 12h do dia 23 de setembro do mesmo ano, na casa da Rua Nicola Constantino nº 179, na Vila Popular Ipiranga.

Maria Izabel informou que o filho estudou em duas escolas locais de 1973 a 1980. Carlinhos Ramires foi seqüestrado no dia 2 de agosto de 1973. Ela ainda contou que tinha 15 anos quando engravidou e continuou morando com os pais. Nascida a criança, continuou na casa por mais cinco anos, quando casou. O filho continuou sendo criado por seus pais, Silvio e Ana Terezinha Souza, que já morreram.

Maria Izabel revelou que o pai da criança é Lino Medeiros Filho, hoje com 63 anos, que foi para São Paulo na época da gravidez e em seguida teria voltado para registrar a criança, mas foi impedido por Ana Terezinha. Ele conheceu o filho 17 anos mais tarde. A mulher diz estar magoada com Carlos Alberto.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;