Fechar
Publicidade

Domingo, 24 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Mulher é acusada de atirar bebê do 5º andar em SP


Do Diário OnLine

28/09/2002 | 11:48


Uma mulher de 43 anos foi presa nesta sexta-feira em Cidade Tiradentes, na zona Leste de São Paulo, acusada de ter atirado pela janela do quinto andar de um prédio sua sobrinha-neta recém-nascida.

Manoelina de Fátima Santos estava cuidando da menina Ingrid, de dois meses, quando a mãe da criança, Cíntia dos Santos, 21, foi ao supermercado. No entanto, quando Cíntia retornou não encontrou a criança. Manoelina, que sofre de problemas psiquiátricos, disse não saber onde estava a menina. Ao sair em busca da filha, Cíntia encontrou a criança morta em um terreno atrás do edifício.

Revoltados, os vizinhos tentaram linchar Manoelina, que acabou sendo presa pela polícia. Os pais da criança foram internados em estado de choque.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mulher é acusada de atirar bebê do 5º andar em SP

Do Diário OnLine

28/09/2002 | 11:48


Uma mulher de 43 anos foi presa nesta sexta-feira em Cidade Tiradentes, na zona Leste de São Paulo, acusada de ter atirado pela janela do quinto andar de um prédio sua sobrinha-neta recém-nascida.

Manoelina de Fátima Santos estava cuidando da menina Ingrid, de dois meses, quando a mãe da criança, Cíntia dos Santos, 21, foi ao supermercado. No entanto, quando Cíntia retornou não encontrou a criança. Manoelina, que sofre de problemas psiquiátricos, disse não saber onde estava a menina. Ao sair em busca da filha, Cíntia encontrou a criança morta em um terreno atrás do edifício.

Revoltados, os vizinhos tentaram linchar Manoelina, que acabou sendo presa pela polícia. Os pais da criança foram internados em estado de choque.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;