Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 27 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Épicos voltam à telona


Luís Felipe Soares
Do Diário do Grande ABC

01/01/2010 | 07:02


Um dos gêneros mais populares do cinema são os filmes épicos. Recheados de ação, majestosos cenários e referências mitológicas, esse tipo de produção faz parte do grupo dos blockbusters, com milhões de cópias espalhadas pelo mundo e com forte apelo popular. Este ano promete: três longas já começam a chamar a atenção do público.

O primeiro a estrear é o juvenil Percy Jackson - O Ladrão de Raios, que chega aos cinemas no dia 12 de fevereiro. Com direção de Chris Columbus - que tem no currículo Esqueceram de Mim 1 e 2 e as duas aventuras iniciais de Harry Potter -, o filme conta a história de Percy, menino de 12 anos com sérios problemas de comportamento. Sua vida muda quando descobre ser um semideus: filho de Poseidon com uma mortal. Agora, o garoto terá de usar seus poderes para resgatar a mãe e devolver a Zeus seus raios roubados, assim impedindo uma guerra entre os deuses.

A produção é uma adaptação para os cinemas do conto homônimo escrito pelo norte-americano Rick Riordan. A série de livros tem potencial para tornar-se uma forte franquia cinematográfica.

No dia 2 de abril é a vez do público brasileiro acompanhar a saga de Perseu (Sam Worthington) na refilmagem de Fúria de Titãs. O épico grego mostra a ira do corajoso guerreiro, filho de Zeus, quando o infernal Hades mata sua família. Sem nada a perder, Perseu reúne grupo de destemidos aliados para desafiar a força dos deuses.

A direção fica a cargo do francês Louis Leterrier (O Incrível Hulk), que aposta nos mais modernos efeitos especiais para superar a versão de Desmond Davis, de 1981, um clássico do cinema-aventura.

Baseado na popular saga dos games Prince of Persia, o filme Príncipe da Persia: As Areias do Tempo tem como protagonista Jake Gyllenhaal (O Segredo de Brokeback). No papel do Príncipe Dastan, ele é acusado de assassinar o soberano da Pérsia, Shahrman, e acaba banido do reino. Para seu retorno, ele terá a ajuda de uma mágica adaga ancestral que contêm as areias do tempo, presente dos antigos deuses capaz de fazer seu portador voltar no tempo.

O projeto do cineasta Mike Newell e dos estúdios Disney tem a produção do Midas Jerry Bruckheimer, responsável por sucessos como Armageddon (1998), A Lenda do Tesouro Perdido (2004) e a trilogia Piratas do Caribe. O ambiente lembrando a animação Alladin (1992) promete ser uma das grandes bilheterias do ano.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;