Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 7 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Eficiência do setor defensivo alviverde está ameaçada


Carlos Tadeu
Especial para o Diário

02/05/2010 | 07:39


Se o meio-campo e o ataque não estão deixando a torcida do Palmeiras satisfeita, o setor defensivo vem mostrando eficiência. O Verdão possui a melhor defesa dos times restantes na Copa do Brasil, com apenas dois gols sofridos em sete partidas.

A equipe, porém, terá muito mais dificuldades para manter o bom desempenho. Isso porque o técnico Antonio Carlos sofrerá com baixas na zaga e deverá apelar a improvisações. O primeiro desfalque será o zagueiro Léo, que recebeu o terceiro cartão amarelo na quinta-feira e cumprirá suspensão no jogo da volta contra o Atlético-GO, quarta-feira, às 19h30, no Serra Dourada, pelas quartas de final.

Além dele, o time alviverde deverá perder em breve o zagueiro Danilo, devido à injúria racial e à cusparada dada contra Manoel, do Atlético-PR. O julgamento do atleta no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) está marcado para quarta-feira e dificilmente ele voltará a defender o Palmeiras a partir da semifinal, caso a equipe se classifique.

A esperança da comissão técnica estava na contratação do zagueiro Leandro Amaro para compor o elenco. O jogador foi inscrito na última terça-feira na CBF, data limite da Copa do Brasil, mas acabou com o nome não liberado pela entidade. A diretoria ainda trabalha para reverter o caso, mas não tem nenhuma garantia que poderá contar com o defensor.

"Seria importante o Amaro poder jogar a Copa do Brasil, principalmente pelos acontecimentos envolvendo o Danilo, que pode pegar um gancho pesado. Não esperávamos isso, mas teremos de corrigir a situação", afirmou Antonio Carlos.

Sem contar com Maurício Ramos em plena forma, o treinador deverá escalar Edinho improvisado na defesa. A boa notícia para a próxima partida fica por conta do retorno de Pierre, que não jogou contra o Atlético-GO no primeiro duelo por estar suspenso.

De saída? - Depois dos gestos obscenos e os palavrões proferidos contra parte da torcida ao ser substituído contra o Atlético-GO, quinta-feira, no Palestra Itália, a passagem de Diego Souza pelo Palmeiras está próxima do fim. A avaliação no clube é que não há mais clima para a continuidade do meia, que pertence à Traffic e tem contrato de empréstimo com o Verdão até dezembro de 2011. Ele poderá ser trocado com o atacante Edu, do Internacional. (Com Agências)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Eficiência do setor defensivo alviverde está ameaçada

Carlos Tadeu
Especial para o Diário

02/05/2010 | 07:39


Se o meio-campo e o ataque não estão deixando a torcida do Palmeiras satisfeita, o setor defensivo vem mostrando eficiência. O Verdão possui a melhor defesa dos times restantes na Copa do Brasil, com apenas dois gols sofridos em sete partidas.

A equipe, porém, terá muito mais dificuldades para manter o bom desempenho. Isso porque o técnico Antonio Carlos sofrerá com baixas na zaga e deverá apelar a improvisações. O primeiro desfalque será o zagueiro Léo, que recebeu o terceiro cartão amarelo na quinta-feira e cumprirá suspensão no jogo da volta contra o Atlético-GO, quarta-feira, às 19h30, no Serra Dourada, pelas quartas de final.

Além dele, o time alviverde deverá perder em breve o zagueiro Danilo, devido à injúria racial e à cusparada dada contra Manoel, do Atlético-PR. O julgamento do atleta no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) está marcado para quarta-feira e dificilmente ele voltará a defender o Palmeiras a partir da semifinal, caso a equipe se classifique.

A esperança da comissão técnica estava na contratação do zagueiro Leandro Amaro para compor o elenco. O jogador foi inscrito na última terça-feira na CBF, data limite da Copa do Brasil, mas acabou com o nome não liberado pela entidade. A diretoria ainda trabalha para reverter o caso, mas não tem nenhuma garantia que poderá contar com o defensor.

"Seria importante o Amaro poder jogar a Copa do Brasil, principalmente pelos acontecimentos envolvendo o Danilo, que pode pegar um gancho pesado. Não esperávamos isso, mas teremos de corrigir a situação", afirmou Antonio Carlos.

Sem contar com Maurício Ramos em plena forma, o treinador deverá escalar Edinho improvisado na defesa. A boa notícia para a próxima partida fica por conta do retorno de Pierre, que não jogou contra o Atlético-GO no primeiro duelo por estar suspenso.

De saída? - Depois dos gestos obscenos e os palavrões proferidos contra parte da torcida ao ser substituído contra o Atlético-GO, quinta-feira, no Palestra Itália, a passagem de Diego Souza pelo Palmeiras está próxima do fim. A avaliação no clube é que não há mais clima para a continuidade do meia, que pertence à Traffic e tem contrato de empréstimo com o Verdão até dezembro de 2011. Ele poderá ser trocado com o atacante Edu, do Internacional. (Com Agências)

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;