Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 6 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

CPTM adapta assentos para passageiros obesos


Isis Mastromano Correia
Do Diário do Grande ABC

19/03/2008 | 07:03


A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) começou, ontem, a se adequar à lei estadual que garante lugares preferenciais aos obesos.

 Os primeiros assentos foram instalados em duas estações da Linha C, Autódromo e Jurubatuba.

 A Lei Estadual 12.225 determina que haja pelo menos duas poltronas para pessoas obesas em transportes públicos, cinemas, casas de espetáculo e teatros.

 Pela lei, a dimensão do assento deve acomodar uma pessoa com IMC (Índice de Massa Corpórea) igual ou superior a 40, de acordo com os critérios da OMS (Organização Mundial de Saúde).

 De acordo com a CPTM, ainda não há levantamento que aponte se, de fato, há demanda para os assentos diferenciados. Nas composições, os já conhecidos assentos preferenciais para idosos e gestantes passaram a ser preferenciais também para os obesos.

 Até 2011, todas as estações e trens deverão estar totalmente adaptados à nova exigência.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

CPTM adapta assentos para passageiros obesos

Isis Mastromano Correia
Do Diário do Grande ABC

19/03/2008 | 07:03


A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) começou, ontem, a se adequar à lei estadual que garante lugares preferenciais aos obesos.

 Os primeiros assentos foram instalados em duas estações da Linha C, Autódromo e Jurubatuba.

 A Lei Estadual 12.225 determina que haja pelo menos duas poltronas para pessoas obesas em transportes públicos, cinemas, casas de espetáculo e teatros.

 Pela lei, a dimensão do assento deve acomodar uma pessoa com IMC (Índice de Massa Corpórea) igual ou superior a 40, de acordo com os critérios da OMS (Organização Mundial de Saúde).

 De acordo com a CPTM, ainda não há levantamento que aponte se, de fato, há demanda para os assentos diferenciados. Nas composições, os já conhecidos assentos preferenciais para idosos e gestantes passaram a ser preferenciais também para os obesos.

 Até 2011, todas as estações e trens deverão estar totalmente adaptados à nova exigência.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;