Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 17 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Reforma administrativa deve chegar à Câmara na próxima semana


Felipe Siqueira
Especial para o Diário

17/02/2017 | 07:00


O projeto de reforma administrativa do prefeito de Rio Grande da Serra, Gabriel Maranhão (PSDB), deve descer para a Câmara na próxima semana. De acordo com o presidente da Casa, João Mineiro (PSDB), o documento era até para ter ido ao Legislativo na terça-feira e já ser votado, mas, segundo ele, o chefe do Executivo precisava fazer ajustes.

Para Mineiro, a reforma é importante para rever algumas ações da máquina pública. “Os cargos têm de ser destinados para pessoas com preparo. (Quem for nomeado para cargo público) Tem que estar em um nível de escolaridade compatível com a função.”

Os vereadores têm conversado com o Executivo a respeito de alguns projetos que interessam ao Legislativo, de acordo com Mineiro. Por exemplo, a criação de assessoria para os vereadores – nenhum parlamentar da cidade tem assessor. A ideia é que exista um auxiliar por parlamentar. Os 13 seriam comissionados, de acordo com a presidência.

Mineiro explica que, em Rio Grande, tudo deve ser feito com cautela. O orçamento da Câmara é pequeno, de R$ 3,5 milhões, sendo que, segundo ele, 70% deste valor é para folha salarial. Além disso, aumentar o número de pessoas trabalhando na Câmara gera custo.

Além da assessoria, a ideia dos vereadores é mudar a Casa de lugar. “Não temos acessibilidade, (muita gente) não consegue participar das sessões (por este motivo), é muita escada, no terceiro andar de um prédio. Fica complicado”. A estrutura está localizada em espaço alugado em cima de uma farmácia no Centro da cidade.
 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;