Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 8 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Adelson rebate Lauro e tenta evitar aliança

Arquivo/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Presidente do PSB de Diadema desmente prefeito e reafirma voo solo na sucessão de 2016


Leandro Baldini
Do Diário do Grande ABC

13/02/2015 | 07:00


Presidente do PSB de Diadema, Manoel José da Silva, o Adelson, atacou o prefeito Lauro Michels (PV) na tentativa de manter a sinalização de candidatura própria ao Paço e evitar aliança com o governo verde ao processo eleitoral de 2016. Na semana passada, o chefe do Executivo indicou que os socialistas precisariam do crivo do mandatário estadual da legenda, o vice-governador Márcio França, para seguir com a empreitada.

O argumento do prefeito é que seu apoio à reeleição do governador Geraldo Alckmin (PSDB), tendo Márcio como vice, preterindo candidatura de seu correligionário (Gilberto Natalini, foi candidato ao governo do Estado pelo PV), teria compensação política. “Abri mão de votar com o meu partido no pleito para apoiar Alckmin e Márcio. Fiz esse acordo que os partidos que estavam na base do governador estariam no apoio à minha reeleição”, alertou Lauro.

Para Adelson, a afirmativa do verde foi “infeliz” ao destacar desconhecer qualquer combinado eleitoral, que possa interferir na empreitada do partido para a sucessão municipal. “Não fomos informados de qualquer acordo. Nosso diretório trabalha de outra forma”, explicou o dirigente.

O líder socialista alfinetou o prefeito, argumentando que refuta comentar sobre outros partidos. “Ele (Lauro) não tem condições de emitir qualquer posição sobre o PSB. Se esse era o jeito de ter o nosso apoio, fez errado. Eu conheço o Márcio (França) desde que era vereador em São Vicente e nunca vi ele acertar acordos assim”, avaliou Adelson. O atual vice-governador foi vereador em São Vicente, entre 1989 e 1996.

PROJETO
Anunciado no fim do mês passado, o projeto de candidatura própria do PSB ao Paço de Diadema, com o vereador Vaguinho do Conselho sendo destacado como líder da chapa majoritária, foi novamente defendida por Adelson.

“Demos um passo e não vamos recuar. Estamos trabalhando para fortalecer nosso nome na cidade e seguimos avançando. Nossa candidatura será mantida até mesmo sem apoio de outros partidos”, comentou.
 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;